Beatriz Dutra: Cultura é Notícia Cidade Comunidade Cultura Destaque Educação Opinião

O Saquá 267 – Chamadas de Capa

O Natal chegou junto com a ômicron

A casinha do Papai Noel é um chamariz para as crianças, na cidade que se enfeitou para o Natal (Foto: Dulce Tupy)

Chegou o Natal e a cidade ganhou uma decoração natalina, colorida e brilhante, como sempre deve ser. Porém, com a chegada da variante do coronavírus, ômicron, descoberta na África do Sul e que já se espalhou pelo mundo, estamos novamente ameaçados de contrair essa doença que já dura quase dois anos, gerando pandemia em todos os continentes. A questão é justamente a velocidade com que o novo vírus se espalha. Daí, foram suspensas as festas de revéillon em vários países e também em várias partes no Brasil. Será grande o apelo para as pessoas evitarem aglomerações! Porque não adianta vacinar somente parte da população. Países desenvolvidos vacinaram suas populações, mas esqueceram-se da África, onde a maioria dos países é pobre e a população carente. A própria Organização Mundial da Saúde prometeu doses de vacinas que nunca chegaram lá. Então, será um Natal com muitas dificuldades também pela crise econômica, que aumentou a fome no Brasil nos últimos anos. Um Natal bom, apenas para os ricos, para países e pessoas ricas, que já vivem em bolhas em todo o mundo. Até que os vírus os alcancem, porque o ômicron ataca a todos, ricos e pobres, agora sob o risco de mais uma variante da Covid-19.
Pág. 3 (Editorial

Filme Pedras de Darwin
questiona o Porto de Jaconé

A Praia da Sacristia é um pontos turísticos do Costão de Ponta Negra que desapareceria sob o porto (Foto: Eli Tavares)

O mais novo filme do cineasta Carlos Pronzato, “Pedras de Darwin. Os beachrocks de Jaconé” acaba de ser lançado em Saquarema, na sede da OAB. O filme é um clamor contra a construção do Porto de Jaconé ou Terminais Ponta Negra, que irão destruir um patrimônio arqueológico, geológico, ambiental, histórico e cultural. Os “beachrocks” encontrados na Praia de Jaconé, em Maricá, foram descritos por Charles Darwin pela primeira vez há cerca de 100 anos e desde então têm sido estudados por pesquisadores e cientistas no Brasil, no Reino Unido e em várias universidades de todo o mundo. O local não é propício para a construção de um porto, ao contrário deveria ser um museu a céu aberto, um sítio geológico tombado pelo Patrimônio Cultural, por seu valor e suas características. Os “beachrocks” também são encontrados na África, no sul de Angola e norte da Namíbia. São resquícios do tempo em que só havia um grande continente que foi se abrindo gerando o Oceano Atlântico e separando a África do Continente Americano. Agora, o filme já está no YouTube.
Páginas 4 e 5

Museu de Arte Negra
agora está na internet

Mestre Abdias do Nascimento (Foto: Ipeafro)

O Museu de Arte Negra idealizado pelo artista plástico, escritor, professor e ex-senador Abdias do Nascimento acaba de ganhar uma sede virtual, no site mna.ipeafro.org.br. Na live de lançamento, que está no YouTube, a participação do embaixador do museu, o rapper Emicida, o imortal Gilberto Gil, a sambista e deputada Leci Brandão entre outros.
Página 3

Educação em vez de racismo

A poeta e cronista Beatriz Dutra destaca em sua coluna, Cultura é notícia, que o racismo tem que ser combatido através da Educação, como já vem ocorrendo em escolas no Rio de Janeiro.
Página 7

Similar Posts