Filipe e Carol vencem o Rip Curl

Carol Fernandes

Carol nas ondas de Itaúna, o “Maracanã” do surfe, onde venceu o Rip Curl. Foto: Pedro Monteiro

O ubatubense Filipe Toledo e a talentosa Carol Fernandes, de Saquarema, saíram na frente na disputa pelo título do Rip Curl Grom Search 2011. Surfando ondas perfeitas de até 2 metros, na Praia de Itaúna, eles venceram todos os adversários. Mas foi Filipinho, filho do bicampeão brasileiro profissional, Ricardo Toledo, o grande nome da competição. Depois de fraturar a costela e ir para o hospital, voltou de forma arrasadora, garantindo nota 10, única da etapa. A final contou com os talentos do paraibano Elivelton Santos, em 2º lugar, seguido dos paulistas, Wesley Santos e Deivid Silva. Deivid defende o título do Circuito e este ano representará o Brasil na final internacional do evento, na Austrália.

Na feminina (até 16 anos), Carol Fernandes mostrou conhecer muito bem o pico e em suas 3 atuações foi a mais destacada. Irmã mais nova de Pedro Henrique, campeão mundial Pro Júnior, ela garantiu a nota 6 na bateria decisiva e não foi alcançada. Carol agradeceu as dicas do irmão e os treinamentos com Jacaré, feliz por vencer em casa. Por coincidência, suas duas principais rivais também têm surfistas de destaque na família. A paulista Dominik Pupo, filha de Wagner Pupo e irmã mais nova de Miguel Pupo, ficou em 2º lugar, seguida de Wendy Guimarães, outro talento de Saquarema, irmã mais nova do big rider Yan Guimarães, que ficou em 3º lugar. Karol Ribeiro, do Rio de Janeiro completou o pódio.

A final iniciantes (limite de 14 anos) foi toda paulista, com mais uma vitória para Ubatuba, com Alex Sandro Santos. No final da bateria, Igor Moraes, de São Sebastião, quase conseguiu virar; a diferença entre os dois foi de apenas 1 décimo. O guarujaense Victor Bernardo terminou em 3º, seguido de seu conterrâneo, Herbert Moreno. Já os caçulas da grommets (no máximo 12 anos) mostraram atitude, enfrentando as ondas grandes. João Vitor Chumbinho, do Rio de Janeiro e que treina constantemente em Saquarema, levou a melhor. Samuel Pupo, mais um filho de Wagner Pupo, terminou em 2º lugar. Daniel Templar, de Saquarema, ficou em 3º lugar.

Outro destaque no domingo foi o Tag Team 900 Graus, disputa por equipes do Rio de Janeiro, São Paulo e Saquarema, com o inédito julgamento virtual, com juízes dando notas ao vivo, via internet. O time do Rio, formado por Pedro Meireles, Lucas Paes e pelos irmãos Theo e Yuri Fresia levou o 1º lugar; os surfistas locais ficaram em 2º e os paulistas em 3º. Para Fernando Gonzalez, da Rip Curl-Brasil, foi uma inovação que deu certo e agradeceu o apoio da Associação de Surf de Saquarema na realização do evento.

Além das disputas no mar, o Rip Curl Grom Search contou com atrações na areia, como os surfistas da equipe Rip Curl, Bruno Santos e Felipe Braz, dando autógrafos e gincanas com ênfase na defesa do meio ambiente. O Rip Curl Grom Search reúne surfistas de até 16 anos de idade, em 4 categorias. Os campeões da mirim e da feminina são classificados à final internacional em 2012 na Austrália. Eles ganharão passagens aéreas para a Austrália, além de intercâmbio, curso de inglês intensivo e hospedagem em casa de família, perto do mar. O circuito 2011 é apresentado pela Wizard, com patrocínio das lojas 900 Graus e Overboard, apoio da Pousada Ondas, Jandaia, Study Way, Grupo Skygraf e Qantas, e supervisão da Feserj, Confederação Brasileira de Surf e Federação Paulista de Surf.

O Saquá 131 – Março/2011

Artigo publicado na edição de março de 2011 do jornal O Saquá (edição 131)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Rossini Maraca é surfista e publicitário.