Cidade Comunidade Cultura Educação Meio Ambiente Saúde & Ciência Últimas Notícias

CLEMAARJ A Conferência Livre Estadual de Meio Ambiente e Agricultura do Rio de Janeiro

O Teatro Popular Oscar Niemeyer em Niterói (Foto: Internet)

Várias entidades reunidas no Sindicato dos Engenheiros (SENGE) desde 2019 iniciou a construção de uma Conferência Livre Estadual de Meio Ambiente e Agricultura (CLEMAARJ). Era a expressão de uma articulação antiga de lideranças ambientais, sindicais e políticas, preocupadas com a desarticulação dos segmentos socais diante dos retrocesos que vinham ocorrendo no país, no governo Bolsonaro. Cerca de 10 entidades lideraram esse movimento que, já na primeira reunião, teve a participação de 50 lideranças. O movimento foi crescendo, crescendo, e a CLEMAARJ chegou, no final daquele ano, com mais de 100 entidades apoiando e subscrevendo a realização da Conferência em 2020.
Uma das preocupações principais era dialogar com os segmentos da sociedade, fazer uma discussão ampla, tendo em conta a transversalidade da questão ambiental, que está presente na discussão de todas as políticas públicas. Neste sentido, os objetivos da CLEMAARJ uniram o Meio Ambiente e Agricultura; uniram campo e cidade. Outra preocupação foi a renovação política, razão pela qual houve a mobilização e envolvimento da juventude, com resultados positivos. Sem prejuízo das agendas específicas de cada entidade/instituição uma das tarefas foi construir uma agenda comum.

COMISSÕES TEMÁTICAS

Assim, iniciamos os preparativos para a realização da CLEMAARJ em Niterói, com uma ação conjunta de luta, resistência e enfrentamento, incluindo a realização de pré Conferências Temáticas sobre Meio Ambiente e Energia; Meio Ambiente e Crise Hídrica; Gestão Pública do Meio Ambiente; Meio Ambiente e Justiça Ambiental; Meio Ambiente e Poder Legislativo; Educação Ambiental; Meio Ambiente e Dívida Pública e Externa; Meio Ambiente, Saneamelnto e Saúde Ambiental; Meio Ambiente, Acesso à Terra e Agroecologia; Meio Ambiente a Mudanças Globais e Climáticas; Meio Ambiente e Resistência contra os Retrocessos.

O engenheiro Jorge Antônio apresentando a CLEMAARJ (Foto: Clemaarj)


Assim, foram definidas a realização de 8 pré Conferências Temáticas: Meio Ambiente, Crise Hídrica, Saneamento Básico e Saúde Ambiental; Meio Ambiente, Dívidas Públicas (Interna e Externa); Gestão Pública, Justiça Ambiental e Poder Legislativo; Meio Ambiente, Agricultura, Acesso à Terra e Agroecologia; Meio Ambiente e Mudanças Climáticas e Juventude; Meio Ambiente e Energia; Meio Ambiente, Resistência contra os Retrocessos e Genocídio do Povo Negro e Comunidades Tradicionais; Meio Ambiente, Educação Ambiental e Cultura; Agricultura Urbana.

CAMPO E CIDADE

Hoje, a CLEMAARJ já está com 17 pré Conferências Temáticas, sugeridas pelas novas lideranças que entraram na organização. As 17 Conferências Temáricas são: Agricultura e Agroecologia, Agricultura Urbana, Cannabis Medicinal, Conselhos Profissionais, Crise Hídrica e Saneamento, Defesa das Áreas Verdes, Dívida Pública, Gestão e Justiça Ambiental, Educação Ambiental e Cultura, Energia e Meio Ambiente, Esporte e Meio Ambiente, Gestão Costeira e Pacto pelo Mar, Justiça Ambiental, Juventude, Mudanças Climáticas, Mulher e Meio Ambiente, Resíduos Sólidosd, Resistência Contra os Retrocessos. Para a realização de cada pré Conferência Temática, há uma Comissão Organizadora, descentralizando e mobilizando diferentes entidades e lideranças nessa construção.

A primeira pré Conferência Temática, que seria realizada em 14 de março de 2020, com mais de 600 inscrições, no Teatro Oscar Niemeyer em Niterói, com apoio do então prefeito Rodrigo Neves e do secretário Axel Grael, hoje prefeito de Niterói, foi adiada devido à pandemia. Porém, a mobilização em torno da CLEMAARJ continuou virtualmente, na página do Facebook e nos grupos de Whatsapp. Em vez de uma Conferência presencial, fizemos um live, virtual, de um dia inteiro, abordando os temas das pré Conferências Temáticas e, surpreendentemente, tivemos cerca de 750 pessoas assistindo, comprovando o êxito e a mobilização em torno da CLEMAARJ.

RETOMANDO DA CLEMAARJ

A realização da CLEMAARJ agora já conta com o apoio do FFCBH (Fórum Fluminense dos Comitês de Bacias Hidrográficas), de vários Comitês de Bacias Hidrográficas e do Subcomitê das Lagoas de Saquarema, Jaconé e Jacarepiá, apoio importante para a realização das pré Conferências Regionais em todo o Estado do Rio de Janeiro. Esta descentralização é fundamental, pois mobiliza as entidades e lideranças do interior. Durante a pandemia, fizemos reuniões e debates que estão gravados e podem ser assistidos nos endereços: www.facebook.com/clemaarj e no youtube.com/user/SengeRJ.

A CLEMAARJ realizou também um Encontro com a Juventude e Lideranças Estudantis; definiu uma Coordenação Executiva; divulgou Cartas Abertas sobre A Pandemia e a Saúde Ambiental, Carta Aberta aos Prefeitos e Vereadores, Carta de Apoio ao INEA e Carta em Apoio à Vacinação. Enquanto isso, as Comissões Temáticas continuaram se reunindo e debatendo os temas da futura Conferência que será realizada no dia 25 de junho, no Teatro Oscar Niemeyer, em Niterói. A Clemaarj também está propondo um ato público e uma feira na Praça XV no dia 29 de junho, Dia de São Pedro, com muito forró.

A primeira reunião da CLEMAARJ, realizada no Sindicato dos Engenheiros (Foto: Clemaarj)

Similar Posts