Cidade Comunidade Cultura Homenagem Nas Bancas Social

Boca de Velho, o mestre da Folia de Reis Estrela do Oriente

Mestre Boca de Velho comandou a Folia Estrela do Oriente por quase 50 anos em Sampaio Corrêa

Faleceu no final de maio o mestre da Folia de Reis Estrela do Oriente Seu Edilson, mais conhecido como Boca de Velho. A Folia de Reis é uma manifestação popular religiosa que chegou ao Brasil junto com os colonizadores portugueses. O Dia de Reis, dia 6 de janeiro, é muito comemorado até hoje nos países hibéricos – Portugal e Espanha – onde em muitos lugares a data é considerada mais importante que o próprio Natal. Em Sampaio Corrêa já havia Folia de Reis no início do século 20. O Boca de Velho chegou a participar daquela folia pioneira quando jovem. Mais tarde, com a morte do antigo mestre, Boca de Velho organizou sua própria folia, mantendo essa tradição histórica por quase 50 anos.

Boca de Velho manteve a duras penas a Folia de Reis Estrela do Oriente, com apoio do produtor cultural, marcador de quadrilha e percussionista João da Asa Branca, além dos músicos e foliões que o seguiam ao longo dos anos. Boca de Velho também foi mestre-sala da escola de samba local e ainda do Bloco do Morrinho, na Basiléia. Portador de uma cultura ancestral, pouco valorizada em Saquarema, mestre Boca de Velho faleceu de morte natural, deixando filhos e netos. E, quem sabe, algumas sementes de Folia de Reis nos corações e mentes do povo local que se acostumou a ver e ouvir nas ruas da Basiléia, logo depois do Natal, o rufar dos tambores da folia e os cânticos em rima que o velho mestre sabia tão bem executar, com sua sanfona de 8 baixos.

Similar Posts