Cidade Comunidade Cultura Últimas Notícias

Livro sobre a História de Cabo Frio inclui Saquarema e outros municipios

Livro contém referências a Saquarema que durante séculos pertenceu a Cabo Frio

O mais completo livro sobre a história de Cabo Frio fala também de outros municípios da Região dos Lagos, que na origem faziam parte daquela capitania, como Búzios, Arraial do Cabo, Iguaba Grande, Araruama e São Vicente de Paula que já foi município e hoje é agregado a Araruama. Sendo assim, também fala de Saquarema, especialmente do histórico Massacre de Salema, quando o governador português do Rio de Janeiro destruiu o que restou da Confederação dos Tamoios no Campo do Maranguape, hoje Sampaio Correa, terceiro distrito de Saquarema, que integrava na época o território de Cabo Frio, em 1565.

Em 394 páginas, a história de Cabo Frio, que vai da pré-história, com os sambaquieiros até os cabo-frienses atuais (de 3.720 a.C. até 2020) traz informações sistematizadas como nunca antes foi feito. Lançado pela Editora Sophia, o livro é fruto de uma grande pesquisa realizada pelos autores: José Francisco de Moura e Luiz Guilherme Scaldaferri Moreira, dois historiadores com sólida formação universitária e autores de outros livros já publicados, como “Cabo Frio e a Pesca da Baleia na Ponta de Búzios”, de Luiz Guilherme e “História dos Clubes de Cabo Frio”, de José Francisco.
Ambos se formaram em história na UFRJ, em anos diferentes, e fizeram doutorado também na UFRJ, José Francisco, e na UFF, Luiz Guilherme, embora os dois sejam mestres em histórica social pela UFRJ. Também os dois participaram da monumental obra “Cabo Frio – 400 anos de história: 1615 a 2015”, publicada pelo IBRAM, em que Luiz Guilherme foi um dos organizadores, no aniversário do quarto centenário de Cabo Frio.

OBRA DE REFERÊNCIA

Professores do Ensino Básico, escreveram este livro com os mais rigorosos recursos da pesquisa histórica, mas com uma linguagem acessível tornando-o fundamental, por sua erudição acadêmica e ao mesmo tempo fluidez narrativa. Com riqueza de dados, tabelas, mapas e informações, o livro destaca a participação ativa dos índios na construção histórica de Cabo Frio, assim como dos negros na sociedade cabo-friense.

Da fundação da cidade de Cabo Frio (1615), passando pela economia colonial, pelo período imperial e depois republicano, o livro chega ao período ditatorial, à Nova República e ao governo interrompido do prefeito Marquinho Mendes (2017-2018), com eleições posteriores que deram a vitória ao Dr. Adriano. Só ficou faltando mesmo o governo de José Bonifácio, em seu terceiro mandato como prefeito, que tomou posse no início deste ano.

Nos anexos, um levantamento memorável destaca os conquistadores e povoadores do Rio de Janeiro que estiveram em Cabo Frio e a lista dos expedicionários do Massacre do Salema, que vieram do Espírito Santo e de São Vicente (SP), entre outros fatos históricos, dados sobre a população local, lista de religiosos, presidentes da Câmara Municipal de Cabo Frio e vereadores. É um livro muito completo e necessário para as escolas e pesquisadores da Região dos Lagos. O livro pode ser adquirido no site www.sophiaeditora.com.br e diretamente com os autores (22 – 98809-2971).

Similar Posts