Eleito e diplomado, Pedro Ricardo pode perder cadeira na Alerj

Eleito e diplomado , o Ex-vereador e atual vice-prefeito Pedro Ricardo, junto com seu pai, o ex-prefeito Dr. João, atual secretário municipal de Saúde (foto: FAcebook)

A maior bancada na Assembleia Legislativa do Rio, a do PSL, partido do presidente Bolsonaro, pode perder o vice-prefeito de Saquarema, Pedro Ricardo, que, depois de eleito e diplomado deputado estadual, talvez não seja empossado em fevereiro. Isto porque um ministro do TSE voltou atrás em uma decisão e deferiu , numa liminar, a candidatura de Felipe Peixoto, do PSD de Niterói.

Deste modo, a validação dos 14 mil votos recebidos pelo candidato niteroiense garante a posse de Chico Machado, ex-presidente da Câmara de Macaé, também do PSD. Chico Machado já exerceu um mandato na Alerj quando era filiado do PDT.

Com essa reviravolta, o saquaremense Pedro Ricardo fica aguardando o julgamento do mérito e, se for o caso, o realinhamento dos votos. Médico, 37 anos, ex-vereador e atual vice-prefeito de Saquarema, Pedro Ricardo obteve 22.006 votos. Pedro Ricardo é filho do ex-prefeito Dr. João, atual secretário de Saúde do município.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.