José Domingos

Um artesão, um artista

A documentarista Michele Maria e o artesão José Domingos (Agnelo Quintela)

A documentarista Michele Maria e o artesão José Domingos (Agnelo Quintela)

José Domingos é um artesão, um esportista amador, um técnico de construção, um comerciante dono de uma barraca de pastéis ou um artista? A resposta está no documentário “José Domingos: Minha Vida, Minha Arte”, da Rec Plus Produção Jornalística e Audiovisual, que conta parte da história deste cidadão. Conhecido como o homem das 1000 profissões, José Domingos é um artesão, nascido em Valença, interior do Estado do Rio, que veio morar com a família em Saquarema, sua esposa Shirley e suas filhas Flávia e Fernanda.
Homem simples, mestre em fazer balaios, arte que aprendeu com a mãe, de origem indígena, José Domingos logo se integrou à vida local e, junto com os pequenos produtores rurais, deu vários cursos no Galpão do Pequeno Produtor. Todos os anos, participa das Feiras de Cultura e Agricultura no centro de Saquarema e trabalhou no CRAS, em Bacaxá, ministrando aulas de artesanato a partir da reciclagem, inclusive de material de refugo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Araruama, com fibras naturais, folha de coqueiro, bananeira, plástico, entre outros materiais.
Com roteiro e direção da jornalista Michele Maria, o documentário estreiou na Casa da Cultura Walmir Ayala, que ficou totalmente lotada pelo público. O evento teve o apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e da subsecretária de Cultura Sandra Sant’Anna. Estiveram presentes muitos dos que deram depoimentos sobre José Domingos no documentário: a jornalista Dulce Tupy, a educadora Edna Calheiros, a artista plástica Telma Cavalcante, o ator e diretor Raphael Tavares, o biólogo Carlos Alexandre e outros. O documentário foi lançado também em Valença, cidade Natal de José Domingos.

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.