A superativa Taeta

TaetaA vereadora Maria de Fátima dos Santos, mais conhecida como Taeta, nasceu em Itaúna. Filha de pescadores, de uma família tradicional que detinha todo o conhecimento da pesca, tanto na lagoa como no mar, é mãe de um filho, o Marco Aurélio, hoje aluno de Direito. Taeta sempre foi uma pessoa simples. Com seu jeito doce de falar, sempre com um sorriso nos lábios, segue com seu coração de menina, cheia de bondade e bons princípios. Porém, trabalhadora, audaciosa e aguerrida, não tem medo de encarar a pressão do dia a dia, ajudando a todos que a procuram.

Vereadora de Saquarema, em seu sexto mandato consecutivo, Taeta iniciou a carreira na política em 1988, quando, tendo ficado como suplente, assumiu a cadeira do então vereador Paulo Melo, que foi alçado à condição de deputado, a partir de uma articulação do governador Marcelo Alencar, seu padrinho político. Definida pela amiga Selma Moreira, assessora da Câmara, como tendo um jeito bucólico “de cidade pequena”, Taeta, é a única mulher eleita vereadora em Saquarema.

Segunda secretária da Mesa Diretora da Câmara, a cada ano vem desempenhando melhor o seu papel. Do seu carro, fez seu escritório ambulante, disposta a resolver problemas dos mais carentes. Hoje, reconhecida pelo trabalho social que executa, tanto como pessoa humana como mulher política, a vereadora tornou-se um exemplo para outras mulheres que se espelham em sua garra e ao mesmo tempo sensibilidade para o trato com as questões públicas, principalmente quando envolvem a saúde e a assistência social.

O Saquá 132 – Abril/2011

Matéria publicada na edição de abril de 2011 do jornal O Saquá (edição 132)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.