Carnaval lotou a cidade de foliões

Carnaval 2011

O carnaval sempre fez parte da vida de Saquarema e, como nos últimos anos, o auge da folia foi o bairro de Jaconé, com seu desfile de blocos na Rua 96. No sábado, o primeiro bloco a desfilar foi o Camarão e, apesar da chuva, estava animado e arrastou um grande público de moradores e veranistas. No domingo, três blocos desfilaram: o Que merda é essa?, que foi bacana mesmo, comemorando 5 anos, o Sirikisamba que arrastou uma verdadeira multidão e, à noite, o Sambaqui, com um enredo sobre o pássaro Com-Com, comemorando 10 anos. Na segunda e na terça, desfilaram respectivamente o Bloco da Rama, que foi o maior embalo, e o Magno, também sob uma chuva fina que, no entanto, não esfriou os ânimos.

Num clima de paz e alegria, o centro de Saquarema teve 4 dias de muita movimentação. A abertura oficial do carnaval, promovido pela Prefeitura, foi na sexta-feira, com uma banda tocando marchinhas clássicas e bonecos gigantes, percorrendo as principais ruas da Vila. A estimativa é que cerca de 150 mil pessoas visitaram o município no período do carnaval, que teve samba, axé, funk e rock. Os principais blocos foram o tradicional Truco, o Saquabloco e o Tchangay, que desfilam na praia e em algumas ruas centrais.

A chuva não desanimou ninguém e bailes populares pipocaram todos os dias, até de madrugada, como no Areal, onde um trio elétrico esbanjou o axé. Em Itaúna, o happy hour carnavalesco contou com show ao vivo de rock e música popular brasileira. Mas o grande pique foi o Bloco Virgens de Itaúna que reúne centenas de foliões. Na Praia da Vila um caminhão de som, levou a batida de funk para centenas de jovens. E até nos bairros mais distantes, como Vilatur, dois blocos animaram o carnaval: o Ondas de Vilatur e o Bloco das Piriguetes.

Em Bacaxá, o auge do carnaval foi o tradicional Bloco das Piranhas, na Rua Pereira. Em Sampaio Corrêa, na Baziléia, mais uma vez houve o desfile do Bloco do Morrinho, mostrando a força do samba no pé. No Porto da Roça e no Verde Vale, os tradicionais Bloco do Futuca e o Tigre arrasaram mais uma vez. No Gravatá, Boqueirão, Coqueiral e Barra Nova, vários blocos se sucederam, como o Bloco dos Touros, o Bloco do Galo, o Estamos a Bordo e outros. A fuzarca rolou até a quarta-feira de cinzas, que fechou o carnaval com o desfile do Bloco Escangalhados, no Boqueirão.

Fotos: Edimilson Soares e Paulo Lulo

O Saquá 131 – Março/2011

Matéria publicada na edição de março de 2011 do jornal O Saquá (edição 131)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.