Cidade Coisas da Política (Continentino Porto) Comunidade Educação Política Últimas Notícias

Vereadores eleitos garantem uma Câmara favorável ao governo

Os 13 vereadores eleitos faziam, fazem ou farão parte do governo da prefeita Manoela Peres que vai governar praticamente sem oposição. A não ser uma pedra que possa surgir no caminho, o que pode ocorrer, mas com poucas chances, tudo indica que os próximos quatro anos do governo municipal serão um céu de brigadeiro para a prefeita reeleita que pode alçar vôos maiores no futuro.

Os vereadores eleitos não mudaram o perfil da Câmara, ao contrário, acentuaram o pacto com a prefeita. Todos, ou quase todos, já faziam parte do bloco de apoio a Manoela. A começar pelo vereador mais votado, com 1.825 votos, Abraão da Melgil (DEM), que já tem no mínimo duas secretarias em seu círculo de influência, mas pode vir a ganhar mais. O segundo colocado, Ivan Melo (PSDB), com 1.629 votos, foi motorista de Peres e pode-se dizer que faz parte do clã que governa a prefeitura de Saquarema pela quarta vez.

O terceiro lugar ficou para Vanildo (PP), de Jaconé, que cresceu em popularidade não só no seu bairro de origem, mas em todo município. Comerciante, Vanildo fala pouco e ouve muito, e conta com a simpática dos seus colegas no bairro, o que lhe garantiu 1.249 votos. Em quarto lugar ficou a Dra. Raquel Teixeira, neurologista, filha do ex-prefeito Dr. João Alberto, irmã do ex-vice-prefeito e deputado estadual, Pedro Ricardo. Considerada gente boa e uma simpatia, Raquel conquistou 1.247 votos.

Roger Gomes (PSL), filho do deputado federal Lourival Gomes e irmão do atual vice-prefeito, Rômulo Gomes, é representante na Câmara de uma das mais tradicionais famílias de Sampaio Corrêa, a zona rural do município. Herdeiro de uma rede de supermercados construída por seu pai, mãe e irmãos, Roger foi reeleito para mais um mandato com 1.224 votos. Já Bebeto do Rio Seco (PROS), também oriundo de um bairro rural hoje bastante urbanizado, o Rio da Areia, foi eleito com 1.202 votos.

Abraão da Melgil
1825 votos

TRÊS MULHERES REELEITAS

A vereadora Elisia Rangel (PDT) foi a única mulher a ampliar seu número de votos, desde a reeleição anterior. Casada com o oftalmologista Dr. Saint Clair, Elisia é assistente social e uma hábil negociadora, o que lhe garante bom tráfego de influência em todas as áreas do governo. Obteve 1.174 votos. já Amarildo Orelha (REPUBLICANOS), do bairro São Geraldo, retorna à Câmara de onde ficou afastado por vários anos. Sua eleição agora foi uma surpresa para muita gente que o considerava carta fora do baralho. Teve 1.171 votos.

Heber Kilinho (PSDB), de Bonsucesso e Grama Alta, está seguindo os passos do irmão, o ex-vereador kilinho. Coseguiu se eleger com 1.146 votos, ultrapassando a atual presidente da Câmara, Adriana de Vander (DEM), terceira mulher reeleita, que obteve 1.125 votos. Em seguida, vem Dinei do Raio X (PDT), com 1.088 votos, para reforçar o partido que mais cresce nos últimos anos em Saquarema, presidido por uma mulher, a vereadora Elisia.
Vaguinho da Marmoraria (PSL) foi eleito para seu primeiro mandato, com 1.079 votos. Comerciante local, faz parta da maioria silenciosa da cidade, que pouco fala e age muito. Deixa quieto. Em seguida vem ele: Bruno Pinheiro, filho do juiz e ex-prefeito leomil Pinheiro. Advogado, Bruno foi eleito com 1.028 votos. Ficou na lanterna, embora seus discursos na Tribuna empolguem seus eleitores que frequentam as sessões presenciais e agora o acompanham fielmente nas transmissões virtuais, pela TV Câmara, pela internet. Os 4 primeiros suplentes são: Maria de Fátima Taeta (PP), com 984 votos, Fabio Bombeiro (PDT), com 881 votos, Marcel Chagas (DEM), com 778 votos e Roberto Ramalho (PSL), com 745 votos.

Similar Posts