Cidade Comunidade Cultura Destaque Educação

A reabertura lenta e gradual das casas de festas, cinemas e teatros

Espetáculos como esse de dança no Teatro Mário Lago fazem o público ficar com muitas saudades de música cigana (Foto: Arquivo Jornal O Saquá)

A Prefeitura Municipal anunciou a assinatura do Decreto 2.048, de 11 de setembro de 2020, que flexibiliza as medidas restritivas do combate ao coronavírus, para permitir a retomada das atividades culturais em casas de festas, realização de música ao vivo em bares e restaurantes, e sessões em salas de cinema e teatro. As restrições que vigoraram desde o início da pandemia tiveram forte impacto no comércio local, vinculado a essas atividades.

O Decreto Municipal está de acordo com o Estadual, de 19 de agosto de 2020, que dispõe sobre medidas de enfrentamento da propagação do novo coronavírus, com flexibilização das atividades culturais para a região das Baixadas Litorâneas, onde se encontram municípios basicamente turísticos. Assim, o município de Saquarema começa a promover a flexibilização das medidas restritivas que caracterizaram o combate ao COVID 19.

HIGIENIZAÇÃO PERMANENTE

No entanto, a reabertura de casas de festas deverá ser de apenas 50% De sua capacidade e as festas deverão ser reduzidas para no máximo 4 horas de duração, com intervalo entre os eventos de no mínimo três horas, para higienização dos mobiliários, pisos, paredes e outros equipamentos. Outras medidas descrevem a forma como será cantado o “parabéns”, exigem uma lista de convidados, aferição da temperatura na entrada, oferecimento de totens com álcool gel, higienização dos banheiros, uso obrigatório de máscaras e carpete para desinfecção dos sapatos, principalmente nas casas de festas para o público infantil.

No caso de eventos em bares e restaurantes com música ao vivo, todas as regras já estabelecidas pelo anterior Decreto Municipal 2.020/2020, anterior, permanecem em vigor, acrescidos de obrigações como o uso de máscaras e o distanciamento social, uso de microfones individuais, palco a 2 metros das mesas, altura do som limite de 60 decibéis e higienização do espaço público após a realização de cada evento. Nas salas de cinema e teatro, a retomada parcial deverá ser realizada com apenas 50% dos lugares ocupados, por no máximo por 4 ou 6 horas diárias, 4 dias por semana.Nos ambientes fechados, o ar condicionado deverá ser higienizado frequentemente.
Aos poucos, vamos entrando no novo normal, neste mundo pós-pandemia que se anuncia. Sim, aparentemente estamos conseguindo vencer a pandemia, mas ninguém pode garantir que o coronavírus não retorne numa segunda onda de contaminação. Para isso servem os protocolos de segurança, como estes.

Similar Posts