O COVID-19 em Saquarema

Na Praça de Bacaxá, servidores distribuem folhetos e cartazes da Prefeitura com informações sobre o combate ao coronavírus (foto: SECOM/PMS)

Lucas Alexandrio

Em sucessivos decretos, a Prefeitura de Saquarema vem tentando de muitas formas conscientizar a população com as informações sobre o novo coronavírus que produz a doença Covid-19. Desde o dia 11 de março, o governo municipal melhorou sua comunicação para que os moradores pudessem compreender a gravidade da situação, a partir do momento em que as atividades do comércio precisaram diminuir e se adaptar ao processo do isolamento social.

A partir destes decretos, foi estabelecido um maior número de policiais, guardas vidas, e outros agentes da Prefeitura para o monitoramento social e acompanhamento dos motivos pelos quais alguém vai à rua, mesmo sabendo do toque de recolher e que muitas vezes são pessoas do grupo de risco. As medidas parecem ter funcionado, pois no último boletim oficial do dia 3 de abril não há nenhum caso confirmado na cidade.

ISOLAMENTO SOCIAL

Para que a comunidade fique mais conectada as informações de extrema importância sobre prevenção, cuidados e serviços, a Prefeitura divulga em sua página no Facebook canais de atendimento psicológico e atendimentos padrão de gestão e resolução de dúvidas. Para os moradores que estão com dificuldade financeiras serão distribuídas cestas básicas nas escolas – para pais de alunos devidamente matriculados na rede municipal.

Como medida de mitigação, para amenizar o sofrimento do povo, o governo federal irá liberar o auxílio de 600 reais para até dois membros de uma mesma família com renda de até 3 salários mínimos e 1.200 reais para mães chefes de família. Lembrando que pessoas cadastradas no benefício Bolsa Família precisam optar por qual deles vale mais a pena.

Portanto, já que a cidade ainda não se tem casos confirmados, é necessário que a população contribua para a segurança de todos, fazendo a sua parte no isolamento social. O único caso confirmado na cidade é o de um médico ortopedista que atendeu no hospital de Bacaxá alguns pacientes e se relacionou com funcionários e enfermeiros, todos sendo monitorados atualmente. O médico está sendo tratado no Rio de Janeiro. Há dois casos também de moradores de Saquarema com coronavírus sendo atendidos em municípios vizinhos.
Saquarema é uma cidade com grande parte de seus moradores idosos! Cuidem-se, protejam-se, informem-se em canais seguros e logo caminharemos nos calçadões ou no rumo do sol da praia novamente.

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.