O Saquá 243 – Chamadas de Capa

 

Filme gravado em Saquarema é sobre a Guerra dos Tamoios

A escritora indígena Eliane Potiguara, autora da cartilha “A terra é a mãe do índio”, publicada em 1989, e do livro “Metade cara, metade máscara”, de 1996, com Carlos Pronzato e sua filha Tajira (Fotos: Dulce Tupy)

O documentário “Tamoios: a última batalha”, do premiado cineasta Carlos Pronzato, recupera através dos depoimentos de especialistas o final da Guerra dos Tamoios que teria ocorrido no antigo Campo de Maranguá, hoje distrito de Samapio Corrêa, em Saquarema. Inspirado no livro “Tamoios, senhores do litoral” do pesquisador Paulo Luiz Oliveira, a narrativa envolveu mais de 15 entrevistados em Saquarema, Araruama, Cabo Frio e Rio de Janeiro. A pré-estréia do filme, será na sede da OAB-Saquarema, em frente ao Fórum Oliveira Viana, no centro de Saquarema, com a presença do cineasta Carlos Pronzato.
Página 5

O diretor Carlos Pronzato e o escritor Ivan Cavalcanti Proença, que reeditou em 1994, junto com o professor Edmundo Moniz, o poema épico Confederação dos Tamoios, de Gonçalves de Magalhães

 

Conferência Municipal da Mulher

A vereadora Elisia Rangel, a presidente do Conselho Municipal da Mulher Terezinha Ruad, a subsecretária municipal da Mulher, Yara Santos de Souza, a presidente da Federação Brasileira de Mulheres-RJ Elza Serra, e a superintendente de Enfrentamento à Violência contra mulheres, Patrícia Xavier. (Foto: Dulce Tupy)

Realizou-se no Salão Paroquial da Igreja de Santo Antônio, em Bacaxá, a V Conferência Municipal da Mulher. Presidida pela subsecretária municipal da Mulher, Yara Santos de Souza, a escritora Cici, autora do livro “Meu nome, minha vida”, a conferência foi organizada pelo Conselho Municipal da Mulher e teve a participação de membros do CEDIM-RJ (Conselho Estadual dos Direitos da Mulher do Rio de Janeiro), da vereadora Elisia Rangel e representantes da sociedade civil.
Página 3

 

O herói negro Zumbi

Monumento a Zumbi, no Rio (Foto: Agência Brasil/Tânia Rego)

Dia 20 de novembro é o Dia da Consciência Negra, quando se comemora o Dia de Zumbi do Palmares, herói do Quilombo que durou mais de 60 anos no século 17, em Alagoas. Porém, foi nomeado em novembro, para presidente da Fundação Palmares, uma instituição de combate ao racismo, uma pessoa que não reconhece a luta e as conquistas dos afrodescendentes. Uma ação civil pública no Ceará está contestando esta nomeação contraditória, que colocou esta raposa dentro do galinheiro.
Página 3

 

O adeus a Leo Neves

Leo Neves em Itaúna (Foto: Facebook/Leo Neves)

Um dos ícones do surf, tricampeão carioca e bicampeão brasileiro, o surfista Leo Neves, faleceu no mar em Itaúna. .
Página 6

 

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.