Aniversariantes

Silênio Vignoli

O jornalista Silênio Vignoli com os netos Luiz e Pìetra

O jornalista Silênio Vignoli completou 80 anos, ao lado da família, especialmente dos netinhos Luiz e Pietra. Jornalista formado na antiga Faculdade Nacional de Filosofia, no Rio, foi editor do jornal o Contato, do Diretório Acadêmico. Em seguida, participou do lançamento do jornal da UNE (União Nacional dos Estudantes) Movimento, sob a liderança de José Serra (presidente) e Marcelo Cerqueira (vice), onde permaneceu até 31 de março de 1964, quando a última edição não chegou a ser impressa, devido ao golpe que implantou a ditadura militar.
Na segunda metade de 1964, José Carlos Avellar, colega de turma na faculdade e um dos responsáveis pela revolução gráfica do Jornal do Brasil (JB), ofereceu um estágio na Editoria de Esportes dos Diários Associados, onde Silênio trabalhou 6 meses em O Jornal. Em outro estágio, no JB, aprendeu arte gráfica, participando do fechamento da primeira página junto com os craques José Carlos Avelar, Carlos Lemos e Alberto Dines.
No início de 1968, levou a técnica da diagramação para o jornal O Fluminense, em Niterói. Com a fusão do Estado do Rio de Janeiro e Estado da Guanabara, em 1975, volta ao Rio, capital do novo estado, para instalar a sucursal do Fluminense, juntamente com os jornalistas Jorge Nunes, Eraldo Quintanilha e George Roberto. Em 1983, com a posse do governador Brizola, foi convidado por Cesar Maia, então secretário estadual de Fazenda, para assumir a Assessoria de Comunicação Social da secretaria, onde ficou até 1991.
Aposentado, veio morar em Saquarema, após um breve período como editor do semanário Sete Dias, de Niterói. Em seguida, assumiu o jornal Correio da Cidade, de Maricá, junto com os jornalistas João Bosco e Alexandra Lambraki. Em 2005, aceitou o convite da jornalista Dulce Tupy, para integrar a equipe do jornal O Saquá, onde está até hoje.

Capitão Ribamar

Capitão-de-corveta Ribamar

Fez aniversário o capitão-de-corveta Ribamar. Morador de Barra Nova, o comandante é um morador muito querido no bairro, onde vive há vários anos. No município, Ribamar matém um grande círculo de amizades, entre eles o ex-prefeito Jurandir Melo, que mora no Areal. Com a vinda do filho Thadeu, que veio de Aracaju, está vivendo momentos de pura alegria.

 

 

O popular Beto

O popular Beto com sua família, a esposa Rose e os filhos Rony e Raíssa

Mais uma vez o Beto, que trabalha no Hospital de Bacaxá, ganhou uma festança de aniversário, com música ao vivo, churrasco e salgadinhos e bolos surpresa. A comemoração, entre tantos amigos ganhou o toque especial da família, a esposa Rose e os filhos Rony e Raíssa.

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.