Meio ambiente regional é destaque em livros

Um livro belíssimo

O lançamento do livro “Restinga de Massambaba – Vegetação, Flora, Propagação e Usos”, resultado de quase duas décadas de estudos, realizou-se no IFRJ (Instituto Federal do Rio de Janeiro), Campus de Arraial do Cabo. A pesquisa foi elaborada pelos pesquisadores do Jardim Botânico do Rio de Janeiro e alunos de graduação e pós-graduação do Grupo de Pesquisas do CNPq (Conselho Nacional de Pesquisa). O resultado é surpreendente! Com belas ilustrações, pode ser adquirido na Loja Amigos do Jardim ou acessado gratuitamente pelo link: http://aplicacoes.jbrj.gov.br/publi…/Restinga_Massambaba.pdf.

Lançado no ano passado no Museu do Meio Ambiente, no Jardim Botânico, o livro tem informações sobre as espécies existentes na Restinga de Massambaba, que abrange três municípios: Arraial do Cabo, Araruama e Saquarema. As imagens refletem a beleza e a diversidade de cores e formas das diferentes formações vegetais da região, hoje incluída no Parque Estadual da Costa do Sol.

No lançamento do livro, no Rio, um dos coordenadores do projeto, o pesquisador do Jardim Botânico Cyl Farney, fez um alerta para a degradação ambiental da Restinga de Massambaba, causada pela especulação imobiliária e turismo desordenado. A pesquisadora Viviane Kruel, especialista em etnobotânica, destacou que a publicação do livro é uma forma de devolução do conhecimento à comunidade e um incentivo à perpetuação e valorização do saber local. O professor Fabio Scarano prestou uma homenagem à mestra e pesquisadora do Jardim Botânico, Doroty Araújo, especialista em restinga.

MAIS DOIS LIVROS

Inventário completo

Um livro coordenado por Francisco da Rocha Guimarães Neto, o popular Chico Pescador, de São Pedro da Aldeia, foi produzido pela Associação dos Pescadores Artesanais e Amigos da Praia da Pitória. Com belas fotos e uma produção apurada, “A Cultura da Pesca Artesanal, A Arte da Sobrevivênica”, registra nos agradecimentos a participação da bióloga Adriana Saad, sua companheira de uma vida inteira, e de seu avô Chiquinho de Clinêo que, com 100 anos de vida, inspirou o próprio livro. Autêntico marco histórico da região, Seu Chiquinho é um mestre “griot” – contador de histórias da Lagoa de Araruama e das pescarias – agora eternizadas no livro.

Patrocinado pela Prolagos, empresa concessionária do serviço de água e esgoto em 5 municípios da região (Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Arraial do Cabo, Cabo Frio e Búzios), o livro teve o apoio de várias instituições, entre elas a Conservação Internacional, o Consórcio Intermunicipal Lagos São João, o Projeto Ponto de Cultura, do Ministério da Cultura e Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro, entre outras contribuições que possibilitaram esta edição primorosa. Lançado em 2017, é um manancial de informações pesqueiras que faz falta em todas as bibliotecas públicas e particulares da região.

Já o livro “Aves da Laguna Araruama”, de Antonio Angelo Trindade Marques e Eduardo Gomes Pimenta, é um inventário fotográfico da avifauna da maior lagoa hipersalina do mundo: a Lagoa de Araruama. Situada na Região dos Lagos, é lá que se alimentam aves que vêm de diferentes regiões do planeta, buscando a rica diversidade deste ecossistema.

Por iniciativa de dois competentes pesquisadores, Antonio Angelo e Eduardo Pimenta, dois amigos cabo-frienses, este inventário de 43 aves aquáticas tornou-se importante ferramenta de conhecimento também da natureza única da região. A partir deles, foi criado o Grupo de Observadores de Aves da Região dos Lagos; a observação de aves é um costume em vários países, mas só recentemente começa a ganhar espaço no Brasil.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.