Os 60 anos do Centro Social Madre Maria das Neves

A presença marcante dos dois bispos, D. Luiz Antonio Ricci, auxiliar de Niterói, e D. Tarcísio Nascente dos Santos, que celebraram a Missa Solene, além dos padres Rodrigo, Zito, Jorge e um diácono (Fotos: Divulgação/Centro Social Madre Maria das Neves)

Ele nasceu como Instituto Madre Maria das Neves, em 2 de março de 1958. Mas esta data é na verdade uma refundação da antiga Casa de Caridade de Nossa Senhora de Nazaré de Saquarema, que existia em Saquarema no final do século 19. Em fins de 1897, a irmã Maria das Neves veio junto com o provedor da Casa de Caridade, Dr. Oscar de Macedo Soares, numa viagem de carroça, por estradas de barro, via Itaboraí. Enfermeira, administradora e catequista, Madre Maria das Neves deixou sementes por onde passou. Em 1901, devido ao corte da subvenção estadual, a irmã Maria e irmã Clara, que se juntara a ela, partem para Campos, onde a Madre Maria das Neves vem a falecer, mais tarde, vítima de tuberculose, em 1906.

HOMENAGEM

O ano de 2019 marca não só os 60 anos da volta das Irmãs Carmelitas da Divina Providência para Saquarema, cenário da vida de Madre Maria das Neves. Marca também o centenário da fundadora desta obra social que envolve grande parte da comunidade civil e religiosa saquaremense, não só com o trabalho de catequese, mas também de caridade e educação infanto-juvenil. Para contar essa história, o Centro Social Madre Maria das Neves publicou um livreto de 10 páginas, com farta ilustração e pesquisa. Desde os anos 60, tempo do convênio com a antiga LBA (Legião Brasileira de Assistência), passando pela aquisição de uma Kombi para o transporte das crianças financiada pela Adveniat Aktion, nos anos 70, até o convênio com a FIA (Fundação de Assistência à Infância e Adolescência), cujo contrato se encerrou, nos anos 90.

Foi feita uma homenagem à Irmã Madre Maria das Neves, e às irmãs Goretti e Lourdes que foram responsáveis pelo Centro Social durante muitos anos em Saquarema

Hoje, o Centro Social Madre Maria das Neves se mantém com a ajuda da própria Congregação, cuja sede é em Cataguases (MG), da Prefeitura Municipal, da Itália, da comunidade local, de pessoas amigas do Rio, Niterói, São Gonçalo, dos trabalhos das irmãs e de um grupo de voluntários que administra aulas e dão todo tipo de suporte ao coletivo. Além de uma capela, o Centro tem um espaço onde se preserva a memória de Madre Maria das Neves, e um bazar. Para comemorar a data, o Centro Maria das Neves promoveu dois eventos, o primeiro no dia 8, uma Sessão Solene, com o lançamento do Opúsculo História do Centro Social Madre Maria das Neves. No dia 15 de março, promoveu uma Missa Solene presidida por Dom Luiz Antonio Ricci e participação do coral das crianças do Centro Social Madre Maria das Neves.

Irmã Sonia, responsável pelo Centro Social Maria das Neves, leu sua mensagem no evento de lançamento do livreto com a história da Irmã Maria das Neves e sua obra social

 

O coral das crianças emocionou a todos os presentes, durante a Missa Solene celebrada em homenagem aos 60 anos do Centro Social Madre Maria das Neves no centro de Saquarema

 

Uma festa

Iniciamos nossas atividades de 2019 com o foco especial na história de 60 anos do Centro Social Madre Maria das Neves antes, Instituto Madre Maria das Neves. Comemorar uma data é, para nós, um tempo de gratidão e louvor. Foi isto que aconteceu neste tempo aqui em nossa casa. Era um só pensamento da equipe que procurou irradiar gratidão, alegria e agradecimento para as crianças e pessoas envolvidas nesta história.

A culminância foi dentro de dois momentos: No dia 8 de março, data muito significativa para a família de Madre Maria das Neves, fizemos o lançamento do resumo da história do Centro Social Madre Maria das Neves. Abrilhantando esta noite tivemos bonitos depoimentos de ex-alunos e de pessoas que participam de nossa caminhada. Nesta oportunidade foi feita uma homenagem especial às Irmãs Maria de Lourdes e Goretti.

No dia 15 (dia do aniversário), foi o grande louvor ao Pai com a Celebração Eucarística presidida por D. Luiz Antônio Ricci, Bispo auxiliar da Diocese de Niterói, concelebrada por D.Tarcisio Nascimento dos Santos e pelos padres: Pe. Rodrigo, nosso pároco, Pe. Jorge, pároco da Paróquia Santo Antônio de Bacaxa e Pe.Zito, nosso amigo. A Celebração teve também a participação ativa, alegre e expressiva das crianças. O nosso Governo Geral foi representado pelas Irs Maria Helena Lomeu e Meiriane Coelho Rodrigues e estiveram presentes as Irs. Lilia, Lucia Domingues Luzia, Marlene Valdevina e Julia. Como sempre, uma presença em massa do povo de nossa cidade.

 

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.