Reinvente-se!

Cultura é Notícia - Beatriz Dutra

Sim, esta é a palavra de ordem para uma vida mais viva, descontraída e feliz!… “A vida só é possível REINVENTADA”… escreveu Cecília Meireles. Verdade, Cecília! Verdade!… Verdade, também, que os poetas costumam ter a cabeça nas nuvens… mas Cecília foi imaginativa e lógica ao mesmo tempo…

“SENTINELA DO INVISÍVEL”. Eis a missão que um verso de Rainer Maria Rilke atribuiu ao poeta no mundo moderno. Verdade!… Verdade!…! “Tudo flui, tudo muda”, desde Heráclito!… E as mudanças são a única constante em nossas vidas!… E perceber essas mudanças, adaptar-se a elas, cumprir as nossas obrigações rotineiras e ao mesmo tempo ter um tempo para a descontração e a realização dos nossos sonhos, creio que seja o grande desafio para todos nós. E para isso é preciso REINVENTAR-SE diariamente… a todo custo… sempre!

O Novo Ano aí está e quase tudo depende de nós!… Perdemos muitas chances de reinventar nosso próprio caminho. Por não olharmos para nós mesmos com um pouco mais de fé e compaixão.” (Fabio Teruel).

“Refletir sobre o que nos move, quais as nossas verdadeiras paixões e reais objetivos dentro daquilo que somos, torna mais leve a certeza de que alguns ciclos sempre vão se fechar para que outros se abram. O que importa mesmo em nossa trajetória é NÃO NOS PERDERMOS DA NOSSA ESSÊNCIA E DAQUILO QUE NOS FAZ VIBRAR. Enquanto seguirmos essa bússola, sempre estaremos preparados para nos REINVENTAR, quantas vezes for preciso.” (Débora Gomes, em “Vida Simples”, nº 200, 2018.)

Assim, amigos leitores, “a vida só é possível REINVENTADA”, sempre e cada vez mais, neste mundo cada vez mais caótico, competitivo, violento e a exigir de nós contínua REINVENÇÃO!
E concluo com o poeta Thiago de Mello: “Não tenho caminho novo; o que tenho de novo é o jeito de caminhar”. Feliz 2019, leitores!

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Beatriz Dutra é poeta, “Cidadã Saquaremense” e membro da Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa.