Janderson da Educação reúne evangélicos e deputado Áureo no Podemos

Janderson com os amigos Clélio do Som, Tiquinho, Mazinho, Marcelo Santos, Ovo, Cesinha, Margareth, Áureo, Edu Simpatia, Fernando e Paula, e Marcos da Defensoria, no Solidariedade, no Porto da Roça

Num galpão no Porto da Roça, o vereador Janderson da Educação reuniu sua base constituída principalmente de evangélicos, junto como o deputado federal Áureo, de Duque de Caxias, que veio a Saquarema especialmente para empossar os membros do novo diretório do Solidariedade. Membro do Ministério Internacional Apostólico Vida Abundante, presidido pelo pastor Apóstolo André Nogueira, Janderson de Aguiar Amorim, o popular Janderson da Educação, nasceu em Saquarema, no Porto da Roça. Eleito vereador em 2016, exerceu seu primeiro mandato eletivo em 2017. Sensível às necessidades do povo, pouco tempo depois de empossado, decidiu se dedicar integralmente à Educação, aceitando o convite para assumir a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Saquarema, de março de 2017 a janeiro de 2018.

“Foi uma atitude pensada, tomada por amor a esta cidade onde nasci e me criei, por acreditar que o futuro da nação está nas mãos das crianças, jovens e adultos que frequentam nossas escolas, contribuindo assim com o crescimento educacional do município”, considera Janderson, que iniciou sua vida profissional como entregador de leite bovino e trabalhou com o gado no campo. Apesar de sua origem rural, mais tarde Janderson veio trabalhar na cidade, onde foi borracheiro ao lado do irmão Juberlan, durante 15 anos. Por acreditar que a educação pode mudar vidas, se dedicou aos estudos, paralelamente ao trabalho, sendo hoje graduado em administração de empresas, bacharel de direito, pós graduado em direito público, educador, palestrante e especialista em gestão de educadores.

O pré-candidato a deputado estadual, Janderson da Educação, na posse dos novos membros do Diretório do Solidariedade, no Porto da Roça, ao lado do deputado federal Áureo, de Duque de Caxias (Foto: Edimilson Soares)

À frente da Secretaria Municipal de Educação, trouxe para a cidade, em parceria com a FIRJAN e o SENAI, o Centro de Qualificação e Educação Profissional, que funciona no antigo prédio do colégio Padre Manuel, no bairro São Geraldo, e também o projeto Calçadas Acessíveis, para facilitar a vida das pessoas com locomoção comprometida. Ao final de sua gestão na secretaria, idealizou e promoveu a entrega de kits escolares a todos os alunos da rede municipal de ensino.

Ao retornar à Câmara Municipal, lutou incansavelmente para que as professoras de educação especial fossem reconhecidas como professoras e não apenas como auxiliares de educação especial, como foram aprovadas no concurso feito pelo governo anterior. Janderson teve votada e aprovada a lei da mudança da nomenclatura, sendo ouvido pelo governo atual que proporcionou este benefício às professoras de educação especial, igualando-as às demais de sua categoria.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.