Eleição e posse no CEDIM

Nestes últimos dois anos estamos vivendo grandes retrocessos das políticas para as mulheres no Estado do Rio de Janeiro, com o desmonte dos equipamentos e programas de atendimento conquistados ao longo uma luta histórica. Porém, a capacidade de resistência e luta das conselheiras do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM-RJ), durante dez anos, resultou na publicação, em 2017, de um novo Regimento Interno que prevê alternância de gestão entre governo e sociedade civil, possibilitando o que está ocorrendo agora de forma inovadora.

Fundado em 1987, o CEDIM-RJ avançou em sua trajetória e, com o voto de confiança das conselheiras, mulheres forjadas na luta das ruas, comunidades e academia, elegeu no dia 24 de abril de 2018, pela primeira vez, com maturidade política e discernimento, sua nova diretoria, com representantes da sociedade civil, que enfrentará o novo desafio de uma gestão de sucesso, com a participação de todo o Conselho – sociedade civil e governo – através das instituições que o compõem e de suas representantes titulares e suplentes. Foram eleitas para o mandato 2018-2022: presidenta, Helena Piragibe, da União Brasileira de Mulheres (UBM); secretária de finanças, Edna Calheiros, da Associação de Mulheres Empreendedoras Acontecendo em Saquarema (AMEAS); e secretária geral, Fátima Maria dos Santos, do Movimento de Mulheres de São Gonçalo (MMSG).

A atual presidenta Cristiane Lamarão falou da alegria de ter sido sob sua direção a passagem da gestão do CEDIM para representantes da sociedade civil, dando a palavra a nova presidenta Helena Piragibe que, agradecendo a confiança de todas, falou da importância da relação e aliança com os espaços públicos de políticas para mulheres no Estado e da estruturação do espaço do CEDIM, da nossa responsabilidade, da necessidade do trabalho coletivo e da formação das Comissões do CEDIM-RJ. Em seguida, falou a secretária de finanças Edna Calheiros, dizendo o quanto tem aprendido no Conselho desde que chegou, resgatando a história do CEDIM-RJ até esta eleição, lembrando o empenho das conselheiras para aprovar o novo Regimento Interno e, também, garantir a preservação da casa do CEDIM, homenageando as lutas das companheiras que já passaram pelo Conselho, como Cristina Dorigo e outras que se uniram para garantir a continuidade do CEDIM, citando Inês Pandeló, quando deputada estadual e presidenta da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da ALERJ, na criação do Fundo do CEDIM, concluindo que se sente muito feliz com o amadurecimento deste processo eleitoral.

Na sequência, falou a secretária geral Fátima Santos, expressando o sentimento de gratidão e resgatando sua história de vida, superação e luta no movimento de mulheres, valorizando o nosso empoderamento e protagonismo em todas as esferas. Assim, na data especial – escolhida em plenária – pelos dois meses do cruel assassinato da vereadora e ativista dos Direitos Humanos Marielle Franco, no dia 14 de maio de 2018, às 11 horas, a diretoria eleita tomará posse, em evento na sede do CEDIM-RJ, situada na Rua Camerino, 51 – Centro/Rio de Janeiro-RJ, com a presença de militantes e apoiadores da luta pelos direitos da mulher. Participaram desta Roda de Conversa: Helena Piragibe e Fátima Santos.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.