A vez e a voz das mulheres

Mulheres em evento promovido pela BPW-Brasil e BPW-Brasília, na Vila Cidadã (Foto: Facebook/Eldis Camargo)

As mulheres estiveram bem representadas nos dois fóruns da água realizados em Brasília. No 8° Fórum Mundial da Água, na Vila Cidadã, realizou-se uma oficina organizada pela BPW-Brasil-Brasília-DF (Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais), cuja presidente é a dinâmica Cristina Melo. A oficina foi coordenada pela “Embaixadora Internacional da Água” Yara Blochtein. Como palestrantes, a advogada da ANA (Agência Nacional de Águas) Dra. Eldis Camargo e o professor Demetrios Christofilis.

Presentes várias lideranças, técnicas, escritoras e ambientalistas, entre elas a ex-senadora e ex-ministra Emília Fernandes, presidente do Fórum de Mulheres do Mercosul. No Centro de Convenções Ulisses Guimarães, realizou-se o debate”Mulheres, perspectivas e desafios”, destacando a questão de gênero na gestão da água.
No FAMA, as mulheres também tiveram voz, em várias instâncias, começando pelas apresentações na Universidade Nacional de Brasília (UNB), onde se realizou a exibição de documentários, seguidos de debates com mulheres e famílias indígenas do Chaco Americano (sul da Bolívia, Paraguai e norte da Argentina e do Brasil), promovido pelo Fundo Casa. Também houve debate com as mulheres no Pavilhão do Parque da Cidade, local das grandes assembleias. Em ambos os fóruns foi destacado o papel sagrado das águas, para as mulheres.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.