Fórum Mundial da Água

O evento será de 18 a 23 de março em Brasília

O 8° Fórum Mundial da Água é um dos congressos ambientais mais importantes do mundo. Em sua oitava versão, o Fórum Mundial da Água ocorrerá pela primeira vez em um país do Hemisfério Sul, na América Latina. O potencial hidrográfico fez com que o Brasil, que detém cerca de 12% da água doce do mundo, fosse escolhido como sede. De 17 a 23 de março, em Brasília, cerca de 30 mil inscritos, 10 mil palestrantes e membros de 160 países irão debater o presente e o futuro da água, um bem cada vez mais valioso e escasso na natureza.

Chefes de Estado, parlamentares, juristas, procuradores, pesquisadores, gestores, empresários, industriais, professores, alunos e usuários dos recursos hídricos, entre eles comunidades tradicionais, irão participar de 340 seções temáticas, como o uso racional da água, conservação e proteção dos recursos hídricos, gestão integrada da água, energia, alimentos, cidades, ecossistemas, participação da mulher e outros temas. Com a temática “Compartilhando Água”, o 8º Fórum Mundial da Água, vai se realizar no Centro de Convenções Ulisses Guimarães e, pela primeira vez, será montada a “Vila Cidadã”, um espaço aberto ao público, no Estádio Mané Garrincha, com exposições e atrações culturais.

Fórum Alternativo Mundial da Água

Em contraposição ao 8º Fórum Mundial da Água, vai se realizar também em Brasília, o Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA), cujo lema é “Água é direito, não mercadoria”. É a primeira vez que o FAMA será realizado no Brasil, podendo reunir até 7 mil pessoas, de 19 a 22 de março, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. Com a bandeira da água como um bem natural a serviço da humanidade, que não pode ser mercantilizada, o evento vai debater o controle social das fontes de água, o acesso democrático à água, a luta contra a privatização dos mananciais e barragens, a defesa dos povos atingidos, os serviços públicos de água e saneamento e as políticas públicas necessárias para o uso da água e a preservação ambiental. O FAMA vai terminar com uma marcha em defesa da água, para alertar a população sobre a crise hídrica.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.