Congratulações e homenagens na posse da nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas

Membros da nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro que tem como presidente Mario Sousa e como vice Dulce Tupy (Foto: Evaldo Peclat)

Evaldo Peclat

Discursos de apoio, congratulações e homenagens marcaram a posse da nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro (SJPERJ) para o triênio 2018/2020, na Câmara Municipal de Niterói. O presidente empossado Mario Sousa aproveitou para anunciar as metas de sua gestão, enquanto o ex-presidente Continentino Porto fez uma prestação de contas da sua administração, em dois mandato consecutivos. A solenidade contou com a presença do deputado estadual Waldeck Carneiro, a quem foi solicitado que interceda junto ao prefeito de Niterói para execução da obra do memorial em homenagem a jornalistas vítimas da ditadura militar.

A solicitação de apoio para a construção do memorial foi feita pelo ex-presidente Continentino Porto, após ler uma longa lista de jornalistas perseguidos pelo governo militar a partir de 1964. O memorial será construído em Niterói, no Caminho Niemeyer, pelo próprio Instituto Niemeyer, presidido pelo neto do arquiteto Oscar Niemeyer, o também arquiteto Paulo Sérgio Niemeyer. O deputado Waldeck criticou, diante do plenário lotado, o oligopólio da mídia praticado pelas grandes empresas de comunicação do País. Já o ex-deputado Erthal Rocha disse que o Sindicato e os jornalistas em geral estão de parabéns pela eleição e posse de Mario Sousa, que trabalhou com o dramaturgo e diretor de teatro Paschoal Carlos Magno, um personagem histórico na vida cultural brasileira. Erthal lembrou ainda antigos jornalistas que colaboraram para a criação do SJPERJ, em 1954, como o fundador do jornal “O Fluminense”, o então deputado estadual Alberto Torres.

Diplomas de homenagens

Na posse, estiveram presentes ainda os ex-deputados Sílvio Lessa e Comte Bittencourt. Entre os homenageados com placas e diplomas está o recém-falecido radialista Cézar Rizzo (a placa foi recebida por sua filha Suzana) e os veteranos Pinheiro Júnior, Carlos Ruas, Maurício Guimarães, Gentil Lima, Jorge Nunes, Ernesto Vianna, Gilson Monteiro, Continentino Porto e Erthal Rocha. Os diplomas de posse foram entregues por repórter fotográfico Edmílson Soares, presidente da Comissão Eleitoral. Eleita em dezembro, a nova diretoria presidida por Mário Sousa é formada por: Dulce Tupy (1ª vice-Presidente), Luiz Sérgio Caldieri (2º vice), Evaldo Peclat (Secretário-Geral), Salomão Santana (1º Tesoureiro), José Pereira (2º Tesoureiro) e Adílson Guimarães (Diretor-Jurídico), tendo como suplentes Max Wolosker, Inaldo Batista, Ernane Assumpção, Eraldo Quintanilha e Pablo Kling.

O Conselho Fiscal é formado por Sílvia Regina, Carlos Alberto e Claudia Barcellos, tendo como suplentes Gentil Lima, José Carlos e Júlio César. Representantes junto a Fenaj: Continentino Porto, Moisés Chagas, tendo como suplentes: Adelfran Lacerda e Ernesto Vianna. A Comissão de Ética é constituída por: Edgard Batista, Maurício Guimarães, Pinheiro Júnior, Rafael dos Santos e Leonardo Berna.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.