Glauce Pimenta Rosa, de Saquarema para a UNIRIO

A dançarina, poeta e ativista negra Glauce Pimenta Rosa, da Kazawá, de Saquarema, na UNIRIO (Foto: Danielle Moraes)

A dançarina, poeta e ativista cultural Glauce Pimenta Rosa saiu de Saquarema e se apresentou na UNIRIO, a Universidade situada na Praia Vermelha, numa comemoração pelo Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, Dia de Zumbi dos Palmares. A sua participação se deu no “Projeto de Extensão Luz, Câmera, Ação: a presença das relações de gênero e do racismo no cinema” que apresentou na ocasião o evento: “A carne mais barata do mercado, I Seminário em comemoração e luta pelo dia da consciência negra”. Segundo os organizadores, com o avanço do conservadorismo nos tempos atuais, é necessário debater cada vez mais o racismo da nossa sociedade.

Na ocasião, foram apresentados filmes curtas, em parceria com o Cineclube Atlântico Negro. O filme “Anamnese”, feito em parceria com o Coletivo NegreX e “Tião”, do diretor e mestre em educação Clementino Junior , antecederam a apresentação da juventude negra. Em seguida foi a vez da dança afro de Glauce Pimenta Rosa, da Kazawá, de Saquarema. À noite, antes do debate sobre “Racismo estrutural na sociedade brasileira – Negras e Negros”, houve declamação de poema de Gabrielly Nunes (Gabz), ganhadora do Slam Resistência. A coordenação foi da professora Vanessa Bezerra.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.