A Reforma viva em Jaconé

O jovem reverendo Carlos Vitor (Foto: Edimilson Soares)

A Igreja Presbiteriana de Jaconé é uma das mais tradicionais de Saquarema. Situada na Rua 96 tem no Reverendo Carlos Vitor, 29 anos, uma referência expressiva. Afinal, foi ele que iniciou a obra da reforma da igreja, há 7 anos, que deu à igreja sua feição atual, digna, iluminada, refrigerada, ampla, acolhedora, bonita.

Neto do Presbítero Tito e vovó Zélia, o casal que veio do interior de Bom Jesus de Itabapoana, para criar a Igreja Presbiteriana e criar filhos e netos, o jovem Vitor, é responsável por uma área que vai de Saquarema até os limites de Campos de Goytacazes. Teólogo, Primeiro Secretário do Presbitério da Costa do Sol e Secretário Executivo do Sínodo da Costa do Sol, Vitor foi palestrante nos Estados Unidos, para onde já viajou 3 vezes.

Para ele, a Igreja Reformada está sempre sendo reformada. A Igreja Presbiteriana foi a primeira Reformada que se instalou no Brasil, no século 16, mas foi extinta naquela época, durante as batalhas empreendidas entre índios, franceses protestantes e portugueses católicos. No século 19, a Igreja Presbiteriana retorna ao Brasil e se estabelece em definitivo. Considerada uma igreja ortodoxa, em relação aos neopentecostais, a Igreja Presbiteriana mantém um intenso trabalho social, ente eles a reforma da Creche Renascer, feita em mutirão. E se mantém como um centro de estudos bíblicos, visando a multiplicação da Reforma, com seus 5 pilares ou 5 solas: só escritura, só fé, só graça, somente Cristo e somente a glória a Deus.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.