Fórum dos Segmentos Artísticos Culturais

A renomada escritora Conceição Evaristo deu sua valiosa contribuição às discussões sobre literatura e preconceito racial a partir de sua experiência de vida (Foto: Dulce Tupy)

Realizou-se no Teatro João Caetano, na Praça Tiradentes, no Rio, o I Fórum Estadual dos Segmentos Artísticos do Rio de Janeiro, que reuniu centenas de artistas, produtores e gestores culturais de todo o estado. Promovido pela Secretaria Estadual de Cultura, o evento durou dois dias e reuniu centenas de representantes dos vários segmentos de artes cênicas (teatro, dança e circo), cultura popular, audiovisual, música, patrimônio, museus, artes visuais, economia criativa e literatura, da capital e do interior.

Com debates e apresentações culturais, o I Fórum trouxe ao palco grandes nomes como a atriz e cantora Zezé Mota, o ator, artista e diretor de circo Marcos Frota e a escritora Conceição Evaristo, destaque na recente FLIP (Feira Literária Internacional de Paraty), entre outros notáveis. Abriram os trabalhos o deputado estadual André Lazaroni, atual secretário estadual de Cultura, Fernando Hadad, representante do MINC (Ministério da Cultura) para o Rio de Janeiro e Espírito Santo, além da presidente do Conselho Estadual de Políticas Culturais, Cleise Campos.

Representando a Região dos Lagos, participaram o conselheiro cultural da Baixada Litorânea, Carlos Henrique Pimentel Luiz, de Rio das Ostras, e o ex-secretário de cultura de Cabo Frio, o ator e diretor teatral José Faccury, o jornalista e escritor Célio Pimentel, editor do jornal Hora Certa, de Araruama, entre outros. Representando Saquarema, a jornalista e escritora Dulce Tupy, editora do jornal O Saquá e da Tupy Comunicações, o biólogo Carlos Alexandre, do Museu de Conhecimentos Gerais, de Jaconé, e o professor de história João Alípio, atualmente mestrando em antropologia no Museu Nacional, do grupo Gethom, do Rio da Areia, entre outros.

O I Fórum dos Segmentos Artísticos Culturais do Rio de Janeiro foi um passo à frente na organização do sistema de cultura tão necessário à implementação de políticas culturais na capital e principalmente no interior, onde faltam verbas e apoio institucional para a cultura. Em Saquarema, a cultura é uma subsecretaria da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e está em fase de elaboração o regimento de criação e funcionamento do futuro Conselho Municipal de Cultura.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.