Nunca fui amiga da Fran e nem amiga da Manoela

Editorial - Dulce Tupy

Conheci a ex-prefeita Franciane Motta durante a campanha do ex-prefeito Antonio Peres em um dos comícios, especialmente na festa da vitória, em frente à Padaria Bela Bel, no ano 2000. Na ocasião, o deputado Paulo Melo, artífice daquela vitória, dizia convicto para um Peres ainda surpreso com o resultado: “ganhamos e vamos ficar no poder por pelo menos 12 anos”… De fato, Peres foi reeleito, completando 8 anos no poder. E, como havia previsto o deputado, a então vice de Peres, Franciane, foi eleita e após 4 anos reeleita, completando um círculo de 16 anos, do mesmo grupo no poder.

Como jornalista, acompanhei tudo de perto, mesmo sem frequentar as badaladas festas das amigas da Fran, para as quais nunca fui convidada. Permaneci durante todos esses anos atenta a tudo, em relação aos atos do governo, divulgando as obras relevantes e de utilidade pública, espontaneamente, sem receber por isso um único tostão, nem um “muito obrigada”. A verdade é que raramente recebi anúncio da Prefeitura, mas pela simples divulgação, passei a ser identificada como uma agente governamental, embora nunca tivesse tido uma única reunião com a prefeita, nem uma entrevista. Nossa relação foi sempre assim, alimentada por pessoas próximas a ela, que fizeram de tudo para nos manter longe, eu e o jornal O Saquá, fora dos meandros do poder.

Hoje, Manoela assume o poder executivo em Saquarema, junto com seu marido o ex-prefeito Peres e no esteio de outro ex-prefeito, Dr. João, renomado médico cardiologista, pai do vice-prefeito, o também cardiologista e ex-vereador Pedro Ricardo. A posição do jornal O Saquá em relação ao novo governo que se inicia será a mais profissional possível: vamos divulgar o que for do interesse público e criticar o que for preciso. Não sendo amiga da Fran e nem de Manoela, vou continuar sendo a profissional que sempre fui, uma jornalista que cumpre a dura missão de informar os leitores.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Dulce Tupy é editora do jornal O Saquá e da Tupy Comunicações.