Ano Novo e Esperança

Cultura é Notícia - Beatriz Dutra

Se o Natal é a festa da PAZ e da SIMPLICIDADE, posso dizer que vivi a PAZ abençoada. Após as congratulações familiares e a ceia do dia 24, rumei para o meu apartamento, para mergulhar na verdadeira PAZ que ele encerra: em silêncio, solidão e em sintonia com a mensagem do Deus-Menino. Dormi um bom sono, acordei cedo e fui à missa, para alegrar e fortalecer meu coração e minha alma. Ao chegar, depois de um almoço caseiro e sem excessos, fiz questão de descansar tudo o que meu corpo pedia. Quando acordei, a rede da varanda me esperava para o show gratuito da natureza: entardecia, soprava uma brisa refrescante vinda do mar… As cigarras cantavam forte, saudando o Verão… Aves brancas cortavam o azul do céu para se recolherem… As primeiras estrelas apareciam… Beleza!… Pura poesia!… E eu ali, extasiada, testemunha e partícipe daqueles sagrados momentos… Mais um ano estava findando e em breve, NOVO ANO chegaria… Vida difícil, desafiadora. Como seria 2017? Todas as previsões prometendo grandes dificuldades. Conseguirá o País sair desta grande enrascada em que foi precipitado? Torna-se indispensável uma faxina ética geral e que os responsáveis respondam, afinal, pelos ilícitos praticados e descomunais descalabros…

Mas este País, de dimensão continental, ao longo da sua história, tem enfrentado e vencido grandes tribulações. Já fomos invadidos (Invasões francesas e holandesas) e participamos de Guerras (Guerra do Paraguai, 2ª Grande Guerra Mundial…) embora nunca tenhamos vivido uma situação econômico-financeira tão caótica! Sobreviveremos, sim, uma vez mais! É a nossa esperança, “Terra Adorada”! … Não a esperança de Quintana: “A esperança é um urubu pintado de verde”… Mas a esperança real, concreta, plausível, verdadeira!… Porque a vida sem essa esperança, se esvazia, perde o sentido… Este “Gigante pela própria natureza” haverá de retomar seu rumo e reencontrar-se com o seu glorioso destino!… Assim seja!… É a esperança, que salva e vivifica! …

Melhores dias em 2017, amigos leitores!

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Beatriz Dutra é poeta, “Cidadã Saquaremense” e membro da Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa.