Boavista na elite do futebol estadual

Boavista vence o Volta Redonda por 1x0, no estádio Elcy Resende Medonça, na Barreira (Paulo Lulo)

Boavista vence o Volta Redonda por 1×0, no estádio Elcy Resende Medonça, na Barreira (Paulo Lulo)

Jogando em Bacaxá, no estádio Elcy Resende Mendonça, o Boavista estreou vencendo o Volta Redonda por 1×0, gol de Leandrão, pela primeira rodada da segunda fase do novo formato do Campeonato Estadual, chamado Taça Guanabara. Após destacar-se como a melhor equipe entre as de menor investimento, o Boavista garantiu, antecipadamente, a vaga na elite do futebol estadual ao derrotar o Bonsucesso por 2×1, gols de Luan e Caio, na penúltima rodada da primeira fase. Na segunda fase, agora iniciada, o Boavista estará também disputando uma vaga na Série D do Brasileirão, bastando para isto alcançar um aproveitamento técnico superior ao do Bangu, Madureira e Volta Redonda. Já dispondo de 2 reforços regularizados, o atacante Reinaldo e o zagueiro Luiz Alberto, o Boavista vai enfrentar o Vasco no próximo sábado, 19 de março, às 16h, em Curicica, no Espírito Santo.

Entre os 8 melhores times dos 16 que disputaram a primeira fase, o verdão de Saquarema permanecerá na Série A, em 2017, completando o período de 11 anos ininterruptos na Primeira Divisão do Campeonato Estadual. Bem organizado taticamente e apresentando um bom volume de jogo, com um futebol envolvente, o Boavista está procurando driblar o escasso orçamento com a competência técnica de um velho conhecido, Rodrigo Juliano, 39 anos, que lá esteve jogando como habilidoso meia-armador, em 2006, após atuar no Botafogo, Vasco e Everton, da Inglaterra; Chegou ao Boavista como treinador em 2015, a tempo de recuperar a equipe, ameaçada de rebaixamento. Rodrigo acabara de retornar da Europa, onde fez estágio de treinador no Real Madri e no Barcelona. Rodrigo reconhece que foi uma experiência muito boa por tratar-se de equipes que são referências mundiais em organização dentro e fora de campo.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Marcelo Vignoli escreve sobre esporte para o jornal O Saquá.