Boavista vence Madureira mantém invencibilidade e chance de ir para 2ª fase

Ao derrotar o Madureira por 1×0, gol de Thiaguinho, jogando em Bacaxá, no estádio Elcy Resende de Mendonça, o Boavista manteve sua invencibilidade e deu um passo decisivo para classificar-se entre os 4 primeiros colocados do Grupo A que vão disputar a segunda fase do Campeonato Estadual, formando o Grupo C com os outros 4 primeiros colocados do Grupo B num total de 8 equipes que jogarão entre si, sagrando-se o primeiro colocado como campeão da Taça Guanabara. Com excelente campanha ao atingir a primeira metade da fase inicial do novo formato do Campeonato Estadual, o Boavista está com o seguinte retrospecto: empatou com o Flamengo (1×1) no campo do América (mando de campo do Flamengo) e, em seguida, conquistou três vitórias, por 4×0 sobre o Friburguense, em Bacaxá, 3×2 sobre o Tigres, no campo do adversário, e 1×0, no último domingo, sobre o Madureira, jogando em Bacaxá.

Ótimo retrospecto

No Grupo A, o Boavista está na vice-liderança com 10 pontos, a 2 pontos do líder que é o Vasco, com 12 pontos ganhos. O Boavista tem o terceiro melhor ataque com 9 gols marcados e também a terceira melhor defesa com apenas 3 gols sofridos, perfazendo o ótimo saldo de 6 gols. Tem também o terceiro melhor índice de aproveitamento com 83,3%, atrás somente de Vasco e Botafogo. Se o Campeonato Estadual fosse disputado num só grupo por pontos corridos, a exemplo do que é adotado no Campeonato Brasileiro, o Boavista, numa competição com 16 concorrentes, estaria ocupando o terceiro lugar. Os destaques da equipe são os jogadores Matheus Paraná, Leandrão (artilheiros com 3 gols cada um) e Guilherme Costa. Isto sem falar no belo trabalho do treinador Rodrigo Beckam, ex-meia-armador que jogou no Botafogo e na Portuguesa de Desportos (SP).

Torcedores animados

Os próximos adversários do Boavista são o Volta Redonda, em jogo programado para o próximo domingo, dia 21 de fevereiro, às 16h, em Bacaxá; o América, dia 25, às 17h, no estádio Giulite Coutinho (campo do América) em Edson Passos; o Bonsucesso, dia 28, às 16h, no Campo da Portuguesa, na Ilha do Governador ; e, finalmente, na última rodada, o Botafogo, dia 6 de março, domingo, às 17h, em Bacaxá. O verdão de Saquarema está completando um período ininterrupto de 10 anos na Primeira Divisão do campeonato Estadual de Futebol e, em 2016, já é a sensação entre as equipes com menor investimento, deixando sues torcedores animados com a possibilidade de uma campanha como a de 2011, quando foi vice-campeão da Taça Guanabara. Naquele ano, o último jogo do returno do Boavista contra o Botafogo foi em Bacaxá, e o Boavista venceu.

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Marcelo Vignoli escreve sobre esporte para o jornal O Saquá.