Fracasso do futebol estadual

Com Flamengo e Fluminense fazendo campanhas medíocres e o Vasco lutando desesperadamente para não ser rebaixado pela terceira vez, em apenas 8 anos, há quem chegue a dizer que o Botafogo, de volta à Série A, é o orgulho do futebol do Estado do Rio. Como indaga Renato Maurício Prado, “existe retrato mais fiel da completa e deplorável decadência do futebo estadual?” E não fica por aí. Vai de ponta a ponta. O Macaé, na Série B do Brasileiro, está pendurado para cair para a Série C, de onde o Madureira já foi rebaixado para a Série D. Na Série D também decepcionaram o Duque de Caxias, o Resende e o Volta Redonda. Na disputa da Copa Rio, cujo campeão ganha acesso à Série D do Campeonato Brasileiro, o Boavista também não teve atuação satisfatória e foi eliminado.

Em síntese, este é o balanço da temporada oficial de 2015, para o futebol do Estado do Rio. Como se não bastasse, no início da temporada de 2016, o próximo campeonato estadual tem tudo para ser o próximo fiasco. Com a dupla Fla-Flu ameaçando não escalar os seus times principais, preferindo a competição da recém-criada Liga de Futebol Sul-Minas, e o fechamento dos estádios do Maracanã e do Engenhão por conta dos preparativos para os Jogos Olímpicos, possivelmente coincidindo com as semifinais e finais do Estadual, dá para prever que o próximo campeonato terá uma das menores médias de público da história da competição.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Marcelo Vignoli escreve sobre esporte para o jornal O Saquá.