385 anos do Círio de Nazareth

Símbolo do município, a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazareth recebe os fiéis peregrinos que vêm ao Círio e também os turistas do feriadão de 7 de Setembro quando se realiza a tradicional Missa da Pátria (Paulo Lulo)

Símbolo do município, a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazareth recebe os fiéis peregrinos que vêm ao Círio e também os turistas do feriadão de 7 de Setembro quando se realiza a tradicional Missa da Pátria (Paulo Lulo)

O mais antigo Círio de Nazareth do Brasil acontece em Saquarema, desde 1630. Ao completar 385 anos da tradicional festa em honra à padroeira do município, Nossa Senhora de Nazareth, a festa religiosa teve 10 dias de programação, com atividades litúrgicas e culturais, sempre muito aguardadas pelos fiéis peregrinos que não medem esforços para marcar presença todos os anos. O Círio das Rodas, em 30 de Agosto, deu início à programação, saindo da Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazareth, no centro de Saquarema, para percorrer vários bairros com uma réplica da imagem da Virgem Santíssima.

O emocionante andor de N. Sra. de Nazareth com efeitos de luz e cor, desfilando na tricentenária procissão (Paulo Lulo)

O emocionante andor de N. Sra. de Nazareth com efeitos de luz e cor, desfilando na tricentenária procissão (Paulo Lulo)

No dia 31, uma missa noturna, após uma procissão que saiu da Capela de São João Batista, contou com belíssimas apresentações dos corais Vozes da Esperança, das crianças e jovens da Paróquia de Nossa Senhora de Nazareth, e dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil. Foi então que as festividades foram oficialmente iniciadas, à meia-noite, com queima de fogos e a participação da Sociedade Musical Santo Antônio de Bacaxá. A partir do dia 1 de setembro, diariamente aconteceram os ritos tradicionais na Igreja Matriz, com novena e adoração do santíssimo. No sábado, dia 5, começaram os shows de artistas locais na Praça Oscar de Macedo Soares, cercada de barracas que lotaram as principais ruas do centro. Domingo, dia 6, o Círio dos Jovens e da Legião de Maria realizaram um grande louvor.
No Dia da Pátria, 7 de Setembro, feriado da Independência do Brasil, houve Missa Solene pela Pátria com apresentação dos corais Rainha Assunta e Catavento, de Cabo Frio, sob a regência do maestro Rui Capteville. A imagem de Nossa Senhora de Nazareth desceu do púlpito, então, para veneração dos fiéis. Depois, um réplica seguiu em procissão marítima pela Lagoa de Saquarema, no Círio das Águas, momento de bênção aos pescadores, quando balões azuis e brancos subiram aos céus. Para alegrar ainda mais os festejos, realizou-se também a passeata da Sociedade Musical Santo Antônio de Bacaxá pelas ruas da cidade em comemoração ao Dia da Pátria, com retreta, apresentação musical, na Praça Oscar de Macedo Soares. À noite, houve missa com apresentação do Contas de Coral, de Niterói, e eleição da nova Mesa Administrativa da Irmandade.

Da tradicional alvorada
à transmissão via internet

A alvorada às 5 horas do dia 8 o 385° Círio de Nazareth, com repique de sinos, queima de fogos e com desfile da Sociedade Musical Santo Antônio de Bacaxá percorrendo as principais ruas da cidade. As missas aconteceram a cada hora e foram celebradas pelos padres Jorge, Marinho e André. A Missa Solene foi presidida pelo Arcebispo Dom José Francisco e concelebrada pelo pároco da Igreja Matriz, Padre Mário, e os padres Júlio César e Elmir, do Vicariato Lagos. A principal missa realizada a partir das 10 horas da manhã teve a participação do Coro e Orquestra dos Arautos do Evangelho, tendo como ponto máximo a coroação da imagem, com o solo da professora Zelinha.

No Círio das Águas, a imagem percorre a Lagoa de Saquarema em procissão marítima (Agnelo Quintela)

No Círio das Águas, a imagem percorre a Lagoa de Saquarema em procissão marítima (Agnelo Quintela)

Ao anoitecer, houve a Missa dos Romeiros, com padre Mario, e a procissão pelas ruas da cidade, com a imagem em andor iluminado, ornamentado com flores e arranjos dourados, acompanhado dos devotos, pela Irmandade e outras associações religiosas do município com suas insígnias e estandartes. Algumas casas jogaram do alto de sua janelas pétalas de rosa. Uma espetacular queima de fogos, que durou cerca de 15 minutos, anunciou o encerramento das festividades em devoção à Nossa Senhora de Nazareth, que mais uma vez foi realizada com muita dedicação pela Venerável Irmandade, com apoio da Prefeitura de Saquarema e da Câmara Municipal que pela segunda vez transmitiu ao vivo, via internet, a missa solene.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.