Conferência Municipal de Educação debateu o ensino no município

Uma das apresentações foi a do grupo de teatro do instrutor da Casa da Cultura, o ator e diretor Rafael Tavares, uma esquete teatral em homenagem ao poeta José Bandeira (Foto: Dulce Tupy)

Uma das apresentações foi a do grupo de teatro do instrutor da Casa da Cultura, o ator e diretor Rafael Tavares, uma esquete teatral em homenagem ao poeta José Bandeira (Foto: Dulce Tupy)

Realizou-se no final de maio, no Teatro Mário Lago, a I Conferência Municipal de Educação, que se desdobrou em oficinas realizadas na Escola Municipal Orgé, em Itaúna. Durante dois dias, diretores de escolas e técnicos da secretaria municipal de Educação e Cultura, debateram o Plano Municipal de Educação (PME), visando o realinhamento com as diretrizes do Plano Nacional de Educação (PNE). Foi um passo importante, em busca da melhoria de qualidade da educação no município.

O professor Najjar, da UFF, proferiu uma palestra sobre o Plano Nacional de Educação (Foto: Dulce Tupy)

O professor Najjar, da UFF, proferiu uma palestra sobre o Plano Nacional de Educação (Foto: Dulce Tupy)

A secretária de Educação e Cultura, Ana Paula, trabalhou com a equipe no realinhamento do Plano Municipal da Educação que será implantado (Divulgação Facebook)

A secretária de Educação e Cultura, Ana Paula, trabalhou com a equipe no realinhamento do Plano Municipal da Educação que será implantado (Divulgação Facebook)

A I Conferência Municipal de Educação se iniciou com a palestra magna “O PNE na Articulação do Sistema Municipal de Educação: Participação Popular, Cooperação Federativa e Regime de Colaboração”, proferida pelo professor Jorge Najjar, da Universidade Federal Fluminense (UFF). Na ocasião, foi apresentada uma esquete teatral, dirigida pelo ator e diretor Rafael Tavares, professor de teatro da Casa da Cultura, em homenagem ao poeta saquaremense José Bandeira, autor do Hino do Município, e alunos de dança do professor Júlio César, do Projeto Mais Educação, da escola de Sampaio Corrêa.
Participaram da mesa, a secretária municipal de Educação e Cultura, Ana Paula, a superintendente de Educação, Elizabeth Santos e o vereador e líder do governo Paulo Renato, representando o presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, vereador Rodrigo Borges. Também estiveram presentes o vereador Chico Peres, a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Paula Magno, e a superintendente de Cultura, Sandra Sant’Anna. No encerramento, houve a apresentação do coral Encanta, agora sob nova direção do maestro J. Carlos.

Teatro lotado com um público atento aos debates e propostas do Plano Municipal da Educação que serão votadas na Câmara Municipal  (Divulgação Facebook)

Teatro lotado com um público atento aos debates e propostas do Plano Municipal da Educação que serão votadas na Câmara Municipal (Divulgação Facebook)

O Plano Municipal de Educação é um documento elaborado para nortear a educação municipal, visando a melhoria na qualidade do ensino em Saquarema. O próximo passo é enviar o PME para a Câmara de Vereadores e, depois de aprovado, para o Poder Executivo, para ser sancionado pela prefeita Franciane Motta. Só então será implementado, para o bem de toda a população saquaremense.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.