Festa do Divino, uma tradição renovada

Folia do Divino - Edimilson SoaresUma das mais tradicionais festas do município, a Festa do Divino, já começou a ser comemorada, desde o dia 10 de maio e terá sua culminância no dia 24, com a coroação do menino-rei, com o cortejo e procissão pela manhã, seguida de Missa Solene, na Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazareth. Seguindo uma secular tradição, o evento teve início com uma procissão até à Igreja Matriz, onde se realizou o levantamento do mastro, com a Bandeira do Divino. Antigamente, o mastro era colocado na Praça Oscar de Macedo Soares, com acompanhamento de banda de música e grande público. Além deste costume agora renovado, mas que se manteve até hoje, foi preservada em Saquarema a centenária Folia de Reis, grupo de músicos com seus instrumentos típicos, tambor, violão, triângulo e outros, acompanhados de cânticos de origem medieval.
A programação do dia 24, Dia de Pentecostes, se inicia com a Alvorada, o que significa repicar de sinos e queima de fogos. Às 10h, procissão com os símbolos e as insígnias do Divino Espírito Santo, saindo da Rua Oito de maio, 344, Centro. Às 11h, Missa Solene na Igreja Matriz e, após a Santa Missa, a procissão percorrerá as principais ruas da cidade até o Império do Divino, na Praça Oscar de Macedo Soares, onde será realizada pelos Foliões do Divino a tradicional e secular bênção da mesa utilizando como elemento a farinha. A folia de Saquarema é a única do estado que mantém essa tradição utilizando farinha. Logo após, será doado almoço festivo para os devotos, leilão de prendas e show com o cantor Jeferson Santos.

Be Sociable, Share!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.