Os 90 anos de Porphirio Azeredo

Porphirio Azeredo em família, com filhos, filha, nora e  netas, na homenagem prestada a saquaremenses ilustres  na Casa da Cultura Walmir Ayala. Foto: Edimilson Soares

Porphirio Azeredo em família, com filhos, filha, nora e netas, na homenagem prestada a saquaremenses ilustres na Casa da Cultura Walmir Ayala. Foto: Edimilson Soares

No último carnaval, toda a família do ex-vereador e ex-prefeito Porphirio Azeredo deu uma pausa na folia, para comemorar o aniversário deste político que faz parte da história de Saquarema. Vereador com vários mandatos, ao completar seus 90 anos de idade, Porphirio ganhou uma festa que reuniu os familiares na Rua Pereira. Filhos, filha, netas e netos, todos homenagearam o patriarca da família, comerciante de profissão, que foi prefeito de Saquarema de 1976 a 1981.

Neste período, Saquarema passou por uma verdadeira revolução administrativa. Foi Porphirio quem construiu o Hospital Municipal Nossa Senhora de Nazareth, fez a nova sede da Prefeitura, com linhas arrojadas em concreto armado, abriu vários postos de saúde, fez o calçamento em paralelepípedos em diversas ruas no centro de Bacaxá e em outras localidades, fez uma nova ponte sobre a Lagoa de Saquarema, a Ponte Darcy Bravo, junto com o governo do estado do Rio de Janeiro, ao lado da ponte velha, construiu o Jardim de Infância Palhacinho Dourado, pioneiro no ensino infantil no município, colocou Saquarema no cenário nacional e internacional com os grandes festivais de surfe, entre outras inúmeras obras.

O prefeito Porphirio na inauguração de duas salas na escola de Palmital, tendo ao lado, Gervásio, que foi seu vice-prefeito por 6 anos e é hoje o mais antigo funcionário da Prefeitura. Foto: Arquivo Pessoal do Gervásio

O prefeito Porphirio na inauguração de duas salas na escola de Palmital, tendo ao lado, Gervásio, que foi seu vice-prefeito por 6 anos e é hoje o mais antigo funcionário da Prefeitura. Foto: Arquivo Pessoal do Gervásio

Nascido em Saquarema, no dia 16 de fevereiro de 1925, Porphirio Nunes de Azeredo foi casado com Delvira de Souza Azeredo. Eleito vereador por cinco mandatos, foi também presidente da Câmara Municipal de Saquarema de 1962 a 63, de 1964 a 65 e de 1973 a 74. Conhecido por seu temperamento forte e sincero, pois fala com espontaneidade tudo que pensa e sente, ao contrário da maioria dos políticos que preferem se esconder por trás das máscaras e das aparências, Porphirio deixou sua marca registrada na administração pública saquaremense.

Hoje, com 5 filhos, 11 netos e 5 bisnetos, tem orgulho de dizer que na política não enriqueceu. o que pode ser até considerado bizarro nos dias de hoje em que grande parte dos homens públicos são passíveis de malfeitos, quando não de crimes contra o erário público. Decididamente, este não é o caso do Porphirio, um cidadão que abre todos os dias seu pequeno comércio, na Rua Pereira, durante a semana, reservando apenas o domingo para seu descanso junto à família e para a missa que frequenta religiosamente toda tarde na Igreja de Santo Antônio. Com fama de honesto e íntegro, Porphirio foi um dos homenageados no projeto “Construindo a História de Saquarema”, da Superintendência de Cultura da Secretaria de Educação e Cultura de Saquarema, no mês de março. Foi uma pequena homenagem a este grande saquaremense.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.