ACONTECEU EM SAQUAREMA

Cultura é Notícia - Beatriz Dutra

Vida desprovida de emoção é vida sem beleza. E foi uma emoção indescritível e inesquecível a realização do “Ciclo de Palestras Literárias” – os “interlúdios literários” – que proferi na Casa de Cultura Walmir Ayala, em homenagem a Cecília Meireles, Mario Quintana e Clarice Lispector, de 25 a 27 de março, aqui em Saquarema.

Beatriz com o maestro e parceiro Ararypê Silva dando show (Foto: Dulce Tupy)

Beatriz com o maestro e parceiro Ararypê Silva dando show (Foto: Dulce Tupy)

Emoção que começou com o próprio convite da jornalista e editora do jornal “O Saquá”, Dulce Tupy para realizá-lo, e que teve a pronta acolhida da Superintendente de Cultura, Profª Sandra Sant’Anna. A partir daí, os apoios foram se sucedendo de maneira mágica e surpreendente. Assim, meu coração é todo agradecimento aos jornais “O Saquá” e “Sem Fronteiras”, às Academias de Letras Rio – Cidade Maravilhosa, Brasileira de Trova, Guanabarina de Letras, Sociedade de Cultura

Beatriz Dutra com alunos em torno do banner com a foto do poeta Mário Quintana (Foto: Dulce Tupy)

Beatriz Dutra com alunos em torno do banner com a foto do poeta Mário Quintana (Foto: Dulce Tupy)

Latina do RJ, Divine Académie Française des Arts Lettres et Culture, Federação das Academias de Letras e Artes do Estado do Rio de Janeiro (FALARJ), ZMF Editora, Rec Plus Produções Jornalísticas e Audiovisual, CACS, AMEAS, Secretarias Municipais da Mulher e da Educação e Cultura, aos Conselhos Municipal da Mulher e Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM), e à Prefeitura Municipal de Saquarema. A todos, o meu muito, muito obrigada!
E a emoção aflorou ainda mais, quando pude perceber o silêncio concentrado, atento e comovido do público presente. Éramos um só coração vibrando com as belezas da nossa literatura, que atingiam em cheio a sensibilidade de todos que lá compareceram. Já me teria dado por satisfeita, se tudo tivesse terminado ali, daquela forma. Mas a felicidade se prolongou e se intensificou ainda mais com a calorosa receptividade do público à apresentação e lançamento do meu novo livro de poesias, “Suavidade”, e dos poemas musicados que integram o mesmo, com a brilhante participação do maestro Ararypê Silva, que “fez poesia com os dedos no teclado”, como diria a saudosa poeta Wanda Brauer, fechando a tarde/noite com chave de ouro e deixando encanto, puro encanto no ar!…
Beatriz Dutra

Beatriz Dutra, Dulce Tupy e Sandra Sant’Anna, uma forte união pela cultura (Foto: Edimilson Soares)

Beatriz Dutra, Dulce Tupy e Sandra Sant’Anna, uma forte união pela cultura (Foto: Edimilson Soares)

Ps. Obrigada à excelente participação dos alunos integrantes do CLEO (Clube de Leitores Estudantes do Osiris) coordenados pela Profª Angela Jannuzzi, da Escola Municipal Prof. Osiris Palmier da Veiga. Eles interpretaram com graciosidade e beleza o primeiro poema escrito por Cecília Meireles: “Cavalinho Branco”. Foi lindo!

Ps2. Obrigada ainda a Edimilson Soares e Dulce Tupy pelas fotos e divulgação; e ao Jôse Carvalho pelas fotos. Obrigada a Marilda Nogueira e equipe pelo saboroso coquetel e a todos os não citados, mas que colaboraram para que o evento pudesse ser realizado.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Beatriz Dutra é poeta, “Cidadã Saquaremense” e membro da Academia de Letras Rio – Cidade Maravilhosa.