Eleito o vereador Romacart por 13 x 0; foi unanimidade!

Editorial - Dulce Tupy

Nem sempre foi assim. Já se foi o tempo em que as eleições para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Saquarema eram disputadas aos berros, aos tapas, aos empurrões. Muitas vezes, os votos foram decididos ou negociados no banheiro. E não raro surpreendiam na última hora. Pois é, este tempo passou e o que aconteceu agora foi um acordo entre pares que diluiu a barreira entre adversários, dando à chapa única vencedora, a Chapa União, uma vitória de 13 x 0, consagrando a sua unanimidade. Encabeçada pelo veterano vereador Romacart Azeredo, já em seu quarto mandato, a Chapa União conseguiu unir até os contrários como a maioria dos vereadores da situação e o único da oposição, Bruno Pinheiro. Em sua composição, a chapa teve renovada apenas a presidência e a primeira secretaria, com Romarcart e Abraão da Melgil, substituindo os vereadores Paulo Renato e Pitiquinho, mantendo-se o vice Kilinho e a segunda-secretária Taeta.

 

Resultado
na Câmara
antecipa
sucessão

Com um discurso emocionado e emocionante, Roma, como é chamado entre amigos, falou da sua origem política, como cabo eleitoral de Carlos Campos, Peres, Paulo Melo e Franciane, coerente com o seu grupo político. Com espontaneidade, admitiu que se sente chegando ao ápice da carreira, o que não deixa de ser verdade para este homem simples criado em Madressilva, um bairro que até pouco tempo era área rural. Hoje, enfronhado na política, não é mais o ingênuo que subia em postes e até palmeiras para colocar faixas nos períodos eleitorais, até arriscando a vida. É o mais velho entre os vereadores e se orgulha de ter carregado Pitiquinho no colo… É talvez o mais fiel companheiro do deputado Paulo Melo, que conheceu ainda bem jovem. E hoje, com sua experiência de vida, é reconhecidamente o nome que conseguiu unir todos os vereadores da atual legislatura na Câmara.
Homem cordial, dado a alianças, Romarcart Azeredo deverá ter exercer a presidência com simplicidade, sem a pompa que alguns exibem, quando chegam ao topo do poder. De origem humilde, Roma se orgulha de ser saquaremense e luta por um município melhor, sempre destacando a diferença entre a Saquarema antes e depois das intervenções urbanísticas empreendidas pelo deputado Paulo Melo, em sua parceria com o governo do Estado. É possível que o Legislativo Saquaremense, a partir da gestão Romacart, volte-se cada vez mais para os cidadãos, abrindo espaço para um verdadeiro diálogo entre os eleitos e os que votaram neles – o povo – derrubando o muro que separa a classe política dos eleitores. Romacarth será também o caminho para consolidar a campanha de Pitico (pai) para prefeito.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Dulce Tupy é editora do jornal O Saquá e da Tupy Comunicações.