90 anos da Coluna Prestes e 50 anos da ditadura serão rememorados na FAETEC

Foto histórica da Coluna Prestes, com o capitão Prestes na primeira fila, terceiro da esquerda para a direita. O filho de Prestes estará no debate

Foto histórica da Coluna Prestes, com o capitão Prestes na primeira fila, terceiro da esquerda para a direita. O filho de Prestes estará no debate

Dois fatos históricos serão relembrados durante um evento que vai se realizar na semana do dia 3 ao 7 de novembro na FAETEC, em Bacaxá. Os 90 anos da Coluna Prestes, a chamada Coluna Invicta, porque sobreviveu a todas as batalhas em seu percurso por cerca de 25 mil quilômetros no território nacional, e seus heróis serão homenageados em uma exposição promovida pela Fundação Maurício Grabois. Inaugurada em agosto no Congresso Nacional, a exposição sobre a Coluna Prestes seguirá depois para o Rio Grande do Sul, onde está sendo edificado o Museu da Coluna Prestes em Porto Alegre, em prédio especialmente projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. Além da exposição, haverá a exibição do filme “O Velho”, sobre a Coluna Prestes e um concurso de redação.

Capa do Jornal do Brasil de 29 de março de 1968, dia seguinte ao assassinato do estudante Edson Luiz, velado na Assembleia Legislativa. Edson morreu na porta do restaurante Calabouço

Capa do Jornal do Brasil de 29 de março de 1968, dia seguinte ao assassinato do estudante Edson Luiz, velado na Assembleia Legislativa. Edson morreu na porta do restaurante Calabouço

O Golpe de 1964 que implantou uma ditadura militar e civil no país, gerando os famigerados 21 “anos de chumbo”, também será rememorada, através de uma série de filmes: “O ano em que meus pais saíram de férias”, de Cao Hamburger, “O que é isso companheiro?”, de Bruno Barreto e “Calabouço”, de Carlos Pronzato. Os três filmes tratam de aspectos dos tempos sombrios vividos neste período, com especial destaque para o drama vivido então por adolescentes e jovens. Após a exibição dos filmes, às 10 horas, haverá um debate com professores e os promotores do evento, a viúva do líder e senador Luiz Carlos Prestes, Dona Maria Prestes, a professora Edna Calheiros, presidente da AMEAS (Associação de Mulheres Empreendedoras Acontecendo em Saquarema) e a jornalista Dulce Tupy, editora de livros e do jornal O Saquá.
Embora voltado para o público estudantil da FAETEC, o evento é gratuito e aberto ao público em geral e será realizado na segunda e terça, dias 3 e 4 de novembro, e quinta e sexta-feira, dias 6 e 7.

 

Estação Férrea de Santo Angelo, no Rio Grande do Sul, hoje Museu da Coluna Prestes

Estação Férrea de Santo Angelo, no Rio Grande do Sul, hoje Museu da Coluna Prestes

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.