Rancho Safari Fest pela educação ambiental

O empresário Bill trata pessoalmente dos animais ( Fotos: Guilherme Stocchero)

O empresário Bill trata pessoalmente dos animais ( Fotos: Guilherme Stocchero)

O Rancho Safari Fest é um projeto de compensação ambiental da Bill Mineradora, uma empresa oficialmente legalizada e que, ao cumprir todo licenciamento ambiental, gerou um projeto de educação ambiental em um espaço de 6 hectares, totalmente destinado à preservação de cerca de 50 espécies de animais, entre domésticos, silvestres e exóticos. Os proprietários Aline e Bill, prestes a se formarem em gestão ambiental, explicam que a proposta de trabalho vem de um sonho de criança e há 10 anos se empenham na administração e modernização do espaço, sempre com foco na educação ambiental, com vários projetos realizados na área. O rancho também proporciona atividades recreativas, como as colônias de férias, cuja 3ª edição reuniu 40 crianças em atividades ao ar livre, em contato com a natureza.

A colônia de férias comandada pela ambientalista Aline

A colônia de férias comandada pela ambientalista Aline

Entre as mais variadas espécies de animais do local, alguns conquistaram fama por serem destaques na TV: as araras já participaram da novela Araguaia; a capivara foi a estrela do comercial da cerveja Skol; e os quatis estiveram em documentário sobre animais silvestres e também na propaganda do City Bank. Todos os animais do Rancho Safari Fest foram adquiridos de criadouros legalizados e Bill conta que gosta de ter sempre um casal porque segundo ele “ninguém quer viver sozinho”. Assim passeiam os casais de alpaca, camelo, avestruz, búfalo, entre outras espécies.
Animais nativos também frequentam o local, são os agregados atraídos pela preservação da área e pelo reflorestamento, onde foram plantadas espécies nativas como a palmeira imperial, árvores frutíferas e ipê rosa, nativas da Mata Atlântica. É possível encontrar maguari, garça, mergulhão, frango d’água, piaçoca, colereiro, pomba trocal, canário da terra, coleiro, tiê preto, annas (tipo de marreco), pé vermelho ou asinha de seda, sabiá e quero-quero. Bill conta que infelizmente alguns estão sumidos como o tiê sangue e micos. A proposta do rancho ajuda a proteger a fauna local, afetada pela ação de desmatamento. Algumas ilhas foram propositalmente criadas para manter o ambiente adequado aos animais, como a ilha dos macacos, que abriga 4 macacos-prego, todos com a guarda voluntária doméstica do IBAMA.
No lago, há criação de tilápias, inclusive para consumo. A fartura vem também nos 12 litros de leite produzidos pela mini-vaca, que nas mãos habilidosas de Aline se transformam em saboroso queijo minas. Dentre os animais ameaçados, a ararajuba, que já esteve na lista de animais em processo de extinção, encanta os visitantes. O periquito cara-suja está na lista de extinção e é muito bem protegido, mostrando que a ação dos criadouros legalizados ajuda na preservação. Resentante de dois criadouros de aves e animais de grande porte, o rancho tem a supervisão do veterinário Chico. A visitação ao local é previamente agendada para escolas e grupos de interesse. O Rancho Safari Fest fica em Bacaxá, próximo ao Posto de Saúde da Barreira.

Essa simpática capivara já virou até estrela de propaganda na TV

Essa simpática capivara já virou até estrela de propaganda na TV

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Alessandra Calazans é jornalista.