Folia de Reis encerra o natal em Barra Nova

A folia foi carinhosamente recebida por moradores do bairro, veranistas e convidados (Foto: Agnelo Quintela)

A folia foi carinhosamente recebida por moradores do bairro, veranistas e convidados (Foto: Agnelo Quintela)

A Folia de Reis Estrela do Oriente, de Sampaio Corrêa, foi a única que restou no município, onde já houve folias de reis em Saquarema e Bacaxá. Segundo relato dos mais antigos, estas festas religiosas existiram até os anos 80, quando começaram a desaparecer. Em Sampaio Corrêa correu o risco de desaparecimento, quando um padre proibiu que ela saísse de dentro da igreja, como era tradição, obrigando-a a se concentrar na Baziléia.

As folias de reis são manifestações do catolicismo popular que chegou ao Brasil com os portugueses no período colonial. Com cânticos que remetem ao nascimento do Menino Jesus e celebram os reis magos, as folias

A bandeireira Jurema

A bandeireira Jurema

têm personagens como o Judas, associado à figura do diabo, que aparece como um palhaço assustador. Atualmente já não há a fi gura do palhaço na Folia Estrela do Oriente que sobrevive com poucos foliões que se apresentaram na casa da Dona Dolores e seus fi lhos João, Glauce, Gleide e Bill, em Barra Nova.

A folia reuniu grande número de vizinhos, como Seu Manoel e família, Dona Maria Prestes e sua fi lha Zóia, o vereador Chico Peres, a subsecretária de cultura Dione e a diretora de cultura Neusa, os jornalistas João e Penha, da revista Horizonte, e outros moradores e veranistas. Organizada pelo repórter fotográfi co Edimilson Soares e pelo marcador de quadrilha João Campelo, a folia foi transportada graciosamente pela Rio Lagos, empresa local que nos últimos anos vem colaborando com esta festividade.

Compartilhe!

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.