Ex-presidiário assassinado em Rio Mole e outros casos de policia

Casos de Polícia - Michele Maria

Ex-presidiário assassinado em Rio Mole

Sebastião Coutinho da Silva, de 28 anos, foi assassinado na madrugada do dia 7 deste mês. O crime aconteceu na Rodovia Amaral Peixoto, em Rio Mole, próximo ao posto de combustível conhecido como Posto da Reta. Sebastião foi morto com 2 tiros no rosto e 1 no pescoço. Este ano a vítima foi liberada da prisão após cumprir pena pelos crimes de furto e receptação.

Homem morre em acidente de carro

 Um acidente de carros deixou uma vítima fatal e dois feridos no dia 14 de outubro. A colisão aconteceu após uma ultrapassagem em uma curva de alta periculosidade, na Rodovia Amaral Peixoto, Km 66, na altura do bairro Alvorada. Luis Cláudio, 48 anos, veio a óbito; estava dirigindo e trazia o pai, Mildo Henrique, de 78 anos. Pai e filho ficaram presos nas ferragens e, segundo o Corpo de Bombeiros, foi preciso usar um desencarcerador para resgatar o idoso e retirar o corpo de Luis Cláudio. Mildo e o motorista do outro veículo, Paulo Henrique, 21 anos, foram levados ao Hospital Nossa Senhora de Nazareth.

 Mulher mantida em cárcere privado foi resgatada pela polícia

 Luis Daivid Souza Leão, de 25 anos foi preso em flagrante por manter uma mulher em cárcere privado no bairro de Ipitangas. Luis, que já tem passagem pela polícia pelo mesmo crime e por agressão, foi enquadrado na Lei Maria da Penha. Segundo a polícia, a mulher de 31 anos ficou presa em um cativeiro até ser resgatada e encaminhada ao Hospital Municipal Nossa Senhora de Nazareth, onde deu entrada com ferimentos no corpo e uma fratura no pé. O caso foi registrado na 124ª DP (Saquarema), onde está sendo investigado.

 Jovem assassinada em minimercado

 Josiane de Souza, de 24 anos, foi assassinada no início deste mês, no minimercado em que trabalhava, no Gravatá. Segundo informações, um homem entrou no local e mandou que todos fossem para os fundos do estabelecimento. Josiane, que trabalhava em um dos dois caixas, teria ficado sem reação e parada. Foi quando o meliante fez um disparo em sua nuca e fugiu levando uma quantidade pequena de dinheiro. A jovem deixou um filho, que completou 4 anos no dia 2 de outubro, dia em que ela foi assassinada. Segundo informações policiais, o principal suspeito é o ex-marido da vítima. O caso foi registrado na 124ª DP.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Michele Maria é jornalista, graduada em Letras e pós graduada em Jornalismo, Rádio e TV.