Mais um caixa eletrônico assaltado e outros casos de policia

Casos de Polícia - Michele Maria

Mais um caixa eletrônico assaltado

Desta vez nem o caixa eletrônico da prefeitura escapou de ser arrombado. Foi em 23 de agosto, por volta das 4 horas da manhã, quando os meliantes renderam o vigia e retiraram o dinheiro. Quando deixavam o local, os bandidos encontraram a viatura da PM, que fazia a ronda. Ao avistarem o carro, os suspeitos soltaram a bolsa que carregavam. Desconfiados o soldado Teixeira e o Sargento Anito, seguiram os suspeitos, que conseguiram fugir em um Siena prata, com vidro de película escura. Outra viatura, já avisada, abordou o trio, que alegou retornarem de um baile funk e não terem passado pelo local do roubo. Os primeiros policiais que abordaram deram a descrição e confirmaram a suspeita. Com eles foram apreendidos 1 maçarico, 1 pé de cabra, 1 lona térmica, que segundo a polícia inibe a visualização de faíscas do maçarico, 1 arma calibre 38 e foram recuperados R$ 820,00. Isto aconteceu depois dos assaltos ao Banco do Brasil de Bacaxá, onde foram danificados 2 caixas eletrônicos que continuam sem funcionar, além de mais 2 tentativas de arrombamento no recém-inaugurado Banco Santander. A rapidez na ação da polícia, que fazia a ronda quando os suspeitos deixavam o local, foi essencial para a prisão de parte da quadrilha.

Morte em Saquarema

No dia 3 de setembro, um homem foi morto em Saquarema, próximo a Igreja Nossa Senhora de Nazareth. Segundo a polícia, testemunhas acharam que algum objeto havia atingido o homem e tentaram socorrê-lo, mas Odir Silva, de 46 anos, que foi baleado, não resistiu e morreu. A polícia investiga o caso.

Prisão por roubo qualificado

Anderson Ribeiro foi preso por policiais da 71ª DP (Itaboraí) quando chegava a sua casa, em Saquarema. Contra ele constavam 2 mandados de prisão por crime de roubo qualificado. A polícia informou que os crimes aconteceram em Itaboraí, em 2012. O suspeito foi encaminhado para Bangu II, onde ficará à disposição da Justiça.

Moto apreendida em Bacaxá

 No feriado do mês, casos de imprudência com motocicletas fizeram parte das fichas policiais, como aconteceu na Praça de Santo Antônio, em Bacaxá, com um condutor de uma Honda CG Titan. Ao abordarem o imprudente, os policiais militares constataram que não possuía Carteira Nacional de Habilitação nem documentação do veículo, que foi conduzido para o Depósito Público Municipal. O maior número de ocorrências foi de apreensões de motocicletas. Segundo a Polícia Militar, muitos veículos são adquiridos sem o conhecimento da procedência. Quando abordados em blitz ou pegos por imprudência no trânsito, o fim dos veículos é sempre o mesmo. A Polícia Militar alerta para a compra de motocicletas de segunda mão, como são chamados os veículos comprados de outra pessoa e não de lojas credenciadas. O condutor de motocicleta registrada por roubo ou irregularidades pode ser detido para averiguação ou até preso em flagrante.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Michele Maria é jornalista, graduada em Letras e pós graduada em Jornalismo, Rádio e TV.