Aos 13 anos, o jornal O Saquá se consolida na Região dos Lagos

Editorial - Dulce Tupy

O maior mérito do jornal O Saquá em seus 13 anos de existência em Saquarema e na Região dos Lagos é sobreviver durante todo este tempo, cumprindo seu compromisso de estar nas bancas de jornal todos os meses, além das edições extras, publicadas em datas comemorativas, como a recente edição especial, histórica, no dia 8 de maio de 2013, por ocasião do Aniversário do Município, que obteve grande sucesso e elogios de nossos leitores. O jornal O Saquá é, de fato, um símbolo da resistência do pequeno empresariado local, que sobrevive com o apoio do comércio e às vezes do Poder Público.  Com uma equipe reconhecidamente eficaz, o jornal O Saquá se tornou uma referência regional, estadual e até internacional, onde chega através de sua versão na internet – www.osaqua.com.br – e pelas redes digitais (Facebook, Twitter e Google +).

A força do jornal O Saquá é com certeza a sua equipe, liderada pelo jornalista, repórter fotográfico e diretor comercial Edimilson Soares, que viabiliza todo aporte financeiro do jornal. Além dos contatos com o empresariado local, é ele que se relaciona com o Poder Público,  estabelecendo vínculos consistentes com instituições como a Assembleia Legislativa (ALERJ), Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Governo Municipal, que no interior exerce um papel essencial no apoio à mídia local. Isto não significa de forma alguma submissão a estas entidades, atuando com uma parceria respeitosa entre as partes, mas também com uma visão crítica quando necessário.

Porém, há não comprometimento da Câmara Municipal com o jornal, nem para anunciar os dias e horários das sessões, nem a realização das audiências públicas. A divulgação da Câmara se limita a out-doors, Rádio Serramar (muito raramente) e o Diário Oficial, onde publica seus atos legais. É preciso fazer uma ressalva também à destinação das verbas oficiais do atual Governo Municipal, que também tem privilegiado a divulgação através de out-door, Rádio Serramar e Diário Oficial. Nos dois casos, os respectivos sites (tanto da Câmara como da Prefeitura Municipal de Saquarema) são de baixa qualidade e não informam o público com a necessidade devida. Inclusive o Portal da Transparência, previsto por lei federal, em Saquarema praticamente não funciona.

Assim, a linha editorial do jornal O Saquá é focada na cobertura dos eventos locais, sem esquecer o seu entorno, tanto a Região dos Lagos, como o Estado do Rio de Janeiro e o país. Desta forma, o nosso jornal caiu no gosto do público que reconhece em suas páginas as notícias que deseja ler, com raras exceções. Apesar de uma equipe pequena, o jornal tem conseguido cobrir os principais fatos de interesse do município e sempre que possível do estado e do país. Tanto no meio urbano como na área rural, procuramos trazer para nossos leitores os principais eventos e obras que ocorrem no território de Saquarema ou que interferem no desenvolvimento do município.

O jornal O Saquá está fazendo 13 anos agora, em julho. Apesar de todas as dificuldades, é uma mídia com fôlego comprovado para sobreviver a praticamente todas as intempéries que surgem eventualmente na trajetória da imprensa. Graças ao alto grau de profissionalismo de sua equipe. Em termos gerais, pode-se dizer que já é um patrimônio do município e que,como tal, deve ser respeitado e abraçado por todos.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Dulce Tupy é editora do jornal O Saquá e da Tupy Comunicações.