Depois de tomar posse no Conselho da Mulher no Rio a AMEAS realiza mais um Café da Manhã em Itaúna

Mulheres empreendedoras e convidados confraternizaram no Café da Manhã promovido pela AMEAS  e Associação Comercial e Agropastoril de Saquarema. (Foto: Edimilson Soares)

Mulheres empreendedoras e convidados confraternizaram no Café da Manhã promovido pela AMEAS e Associação Comercial e Agropastoril de Saquarema. (Foto: Edimilson Soares)

A Associação de Mulheres Empreendedora Acontecendo em Saquarema (AMEAS) realizou mais um Café da Manhã no Hotel Maasai, na Praia de Itaúna. O evento teve o brilho de contar com a presença de algumas das mulheres mais qualificadas de Saquarema, em termos de empreendedorismo. Bem sucedidas em seus negócios, a nova mulher saquaremense mostrou que faz diferença no mercado. Além das empreendedoras, participaram como convidados o gerente da Caixa Econômica de Saquarema, William e o gerente de educação do Sebrae, Francisco Marins. O evento teve a parceria da Associação Comercial e Agropastoril de Saquarema (ACIAPS) e apoio do jornal O Saquá.

A AMEAS vem se destacando em Saquarema e no Estado do Rio de Janeiro por sua atuação pró-ativa. Recentemente, a instituição passou a integrar o Fórum da Agenda 21 Saquarema, como membro do Terceito Setor, ao lado de outras ONGs da cidade. Nesta condição, está participando de dois Grupos de Trabalho: o GT de Gênero, onde é representada pela jornalista Dulce Tupy, e o GT de Bacias Hidrográficas, representado pela presidenta Edna Calheiros. A AMEAS faz parte também de vários Conselhos Municipais, entre eles o de Assistência Social, onde é representada pela pedagoga Layla Garrido, que inclusive é a atual presidenta do CMAS, do Conselho dos Idosos, onde é representada pela Eli, do Conselho de Membros do Consórcio Intermunicipal Lagos São João e de três Câmaras Técnicas do Comitê de Bacia Lagos São João: a CT de Comunicação, a CT de Educação Ambiental e a CT Institucional Legal.

Apesar de tantas ramificações, a AMEAS acaba de assumir ainda um cargo no Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (CEDIM), órgão vinculado à Superintendência de Direitos da Mulher (SUDIM), da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, que coordena a rede de atendimento às mulheres vítimas de violência. Criado em 1987, o CEDIM, surgiu como resultado das reivindicações dos movimentos feministas e de mulheres, para fiscalizar, assessorar e monitorar as políticas públicas para as mulheres no Estado do Rio de Janeiro. A posse das conselheiras foi no Palácio Guanabara. A sede do CEDIM fica na Rua Camerino 51, onde funciona o Espaço Cultural Heloneida Studart, que contribui para a construção e fortalecimento da cidadania feminina. As novas conselheiras exercerão o mandato no quadriênio 2012/2016.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.