Correspondentes do Le Monde na Região dos Lagos

O jornal francês publicou matéria sobre petróleo no Brasil, após entrevistar a jornalista Dulce Tupy em Saquarema e o biólogo David Barreto, secretário de meio ambiente de Arraial do Cabo

Correspondentes do jornal francês Le Monde, o fotógrafo Vincent Rosenblatt, da Agência Olhares e o enviado especial Nicolas Bourcier estiveram em Saquarema e Arraial do Cabo, apurando questões sobre o impacto da indústria do petróleo na Região dos Lagos. A matéria foi publicada no dia 3 de fevereiro, no jornal impresso e na parte restrita (paga) do site.

Versão online da publicação no Le Monde

A manchete, traduzida ao lado, diz:

“No Brasil, Petrobras promete encharcar de ouro negro as populações costeiras – A empresa deve se estabelecer em um ambiente protegido para explorar as reservas nas águas profundas”.

A matéria destaca o provável crescimento econômico municipal e costeiro, com a chegada do mega Porto de Jaconé, que, segundo projetos da Petrobras, terá capacidade para 850.000 barris por dia, quando começará a funcionar, em 2015. O complexo portuário inclui a construção de um terminal de R$ 5 milhões de reais, que deverá se conectar ao Comperj.

A reportagem também teve a representante do Greenpeace, Leandra Gonçalves que destacou o lado controverso da extração do petróleo e de construções desse porte em áreas de proteção ambiental. Segundo a reportagem do jornal francês, a Petrobras não quis comentar sobre o assunto.

Coordenadora do Fórum da Agenda 21 de Saquarema, a editora do jornal O Saquá, Dulce Tupy, recebeu a equipe na redação e, além de abordar questões do petróleo e do desenvolvimento sustentável, também colaborou com assuntos diversos sobre o meio ambiente na nossa região costeira, entre Saquarema e Maricá.

Dulce Tupy (centro) recebendo o fotógrafo, Vincent Rosenblatt (esquerda) e o repórter Nicolas Bourcier, do jornal Le Monde. (Foto: Edimilson Soares)Dulce Tupy (centro) recebendo o fotógrafo, Vincent Rosenblatt (esquerda) e o repórter Nicolas Bourcier, do jornal Le Monde. (Foto: Edimilson Soares)

 Pela segunda vez O SAQUÁ aborda questões sobre o Porto de Jaconé.  A primeira, na edição nº 137 de setembro de 2011 com o título “Porto em Jaconé é realidade. Agora, na edição nº 142 de fevereiro de 2012,  o jornal volta a abordar este assunto polêmico, que envolve toda a sociedade,  na reportagem “O mega Porto de Jaconé”.

Já nas Bancas!


 

Compartilhe!

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.