Hipertensão e Diabetes

Enfermagem - Dr. Renato José dos Santos

Estamos chegando ao final do ano. Temos que ter cuidado nestas festas. Dois grandes vilões hoje no Brasil e no mundo são a Hipertensão Arterial (pressão alta) e a Diabetes Mellitus (açúcar no sangue). Não podemos menosprezar as orientações dos órgãos de prevenção da saúde. Temos de tomar atitudes e mudar nosso ritmo de vida, para não aumentar as estatísticas dos hipertensos e diabéticos. Temos de verificar a pressão arterial e a glicose no sangue para não pararmos em um posto de saúde ou em um hospital com os níveis aumentados. Uma maneira de ajudar é orientar os menos esclarecidos. Se você for da área de saúde, verifique a pressão dos seus vizinhos, parentes e amigos. Em casos de anormalidade encaminhe a pessoa a um posto de saúde ou hospital.

A elevação da pressão arterial representa um importante fator de risco para doenças cardiovasculares: doença cerebrovascular, doença arterial coronariana, insuficiência cardíaca, insuficiência renal crônica e doença vascular de extremidades. Sabe-se que o controle eficaz da pressão arterial e diabetes reduzem significativamente os riscos, sendo o controle ideal dos níveis da pressão o objetivo ideal do tratamento. No entanto, estudos realizados em brasileiros revelaram que, em indivíduos adultos, 50,8% sabiam ser hipertensos, 40,5% estavam em tratamento, mas apenas 10,4% tinham a pressão arterial controlada.

O Diabetes apresenta alta morbimortalidade, com perda importante na qualidade de vida. É uma das principais causas de mortalidade, insuficiência renal, amputação de membros inferiores, cegueira e doença cardiovascular. A prevenção do diabetes pode ser efetuada por meio da prevenção de fatores de risco, como sedentarismo, obesidade e hábitos alimentares não saudáveis; da identificação e tratamento de pessoas de alto risco para diabetes (prevenção primária); da identificação de casos não diagnosticados de diabetes para tratamento (prevenção secundária); e intensificação do controle de pacientes já diagnosticados visando prevenir complicações agudas e crônicas (prevenção terciária).

Sabemos das dificuldades da vida moderna, principalmente da falta de tempo e da necessidade que o paciente portador de hipertensão arterial e diabetes tem de monitorar e acompanhar os níveis tensionais e glicêmicos. Entretanto, não podemos ficar de mãos cruzadas; temos de ajudar os mais necessitados e menos esclarecidos. Eu pretendo ajudar verificando a pressão arterial e a glicose e encaminhando quando for o caso. Não se espante se um dia eu passar na sua rua ou bater na sua porta levando estas orientações que são importantes para manutenção da saúde. Procure caminhar, manter seu peso ideal, praticar uma atividade física, alimentar-se de forma saudável e realizar exames médicos pelo menos anualmente. Cuide da sua saúde e, em caso de necessidade, procure o posto de saúde para esclarecimentos. Boas festas, Feliz Natal e um Próspero Ano Novo repleto de paz, harmonia e amor. Feliz 2012.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Renato José dos Santos é enfermeiro. E-mails: renatojsantos@uol.com.br e renatojsantos@petrobras.com.br.