Crime ambiental

Ampla cortando árvores

Ninguém sabe explicar por que a empresa Ampla, concessionária de serviços de energia, cometeu um crime ambiental, cortando várias árvores na Rua Dr. Luiz Januário, quase em frente à Creche Escola Armando Gonçalves. Naquela rua, que desemboca no Largo da Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazareth, no centro de Saquarema, os coqueiros enfeitavam a calçada e davam uma boa sombra no verão, para moradores e veranistas… O crime ambiental está previsto na Lei 9.605/98. Moradores, indignados, fizeram um abaixo assinado pedindo a aplicação das medidas legais cabíveis.

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.