Saquarema ficará dentro do geoparque

Beachrocks na praia de Jaconé

Beachrocks na praia de Jaconé, Maricá, fotografada pelo jornalista Edimilson Soares.

Geoparque é um parque geológico que pode abranger vários municípios, como é o caso do Projeto Geoparques, coordenado pela geóloga Kátia Mansur. O projeto que inclui Saquarema foi apresentado em duas reuniões na Fazenda Campos Novos, sede da secretaria de agricultura de Cabo Frio, com representantes de vários municípios da região situada entre Maricá e Campos. Foi o passo inicial para a criação de um futuro geoparque, onde sítios do patrimônio geológico e paleontológico de especial importância científica serão protegidos de forma sustentável, gerando atividades de geração de renda, principalmente turísticas. Vinculado ao Ministério de Minas e Energia, através do Serviço Geológico, o Projeto Geoparques terá um plano de desenvolvimento regional integrado à realidade local.

A coordenadora do Projeto Geoparques, Kátia Mansur, em reunião na Fazenda Campos Novos, em Cabo Frio, apresentando aos municípios a proposta que encaminhou a UNESCO (ONU). Foto: Monique Barcellos.

A coordenadora do Projeto Geoparques, Kátia Mansur, em reunião na Fazenda Campos Novos, em Cabo Frio, apresentando aos municípios a proposta que encaminhou a UNESCO (ONU). Foto: Monique Barcellos.

“Um geoparque não é uma unidade de conservação nem uma nova categoria de área protegida”, explica Kátia Mansur, que também coordenou os projetos “Caminhos Geológicos” e “Caminhos de Darwin”. “O geoparque que estamos propondo para a Unesco (órgão cultural, educacional e científico da ONU), oferece a possibilidade de proteção da paisagem e dos monumentos naturais, aliada ao turismo e ao desenvolvimento sustentável”, continua a geóloga.

Situado num território geológico que há milhões de anos fez parte da África, antes do surgimento do Oceano Atlântico, quando os continentes eram unidos, o município de Saquarema também fará parte do geoparque com vários monumentos naturais, entre eles a Serra do Palmital, as pedras de Itaúna, os estrematólitos (formações rochosas) da Lagoa Vermelha e os sambaquis, entre outros sítios geológicos. Em Jaconé, mas já na área que pertence a Maricá, exemplos de remotas eras geológicas podem ser encontradas na praia; são as chamadas beachrocks, ou arenitos de praia, que vêm sendo estudadas há anos pelos especialistas.

Placa sobre os estrematólitos, formações rochosas, nas margens da Lagoa Vermelha em Vilatur.

Placa sobre os estrematólitos, formações rochosas, nas margens da Lagoa Vermelha em Vilatur.

Registros destes arenitos de praia foram feitos pelo professor Benedicto Rodrigues. Formações rochosas do período Quaternário, estas beachrocks foram descritas anteriormente por vários viajantes que visitaram o Brasil, há séculos atrás, entre eles o naturalista inglês Charles Darwin que esteve no Rio de Janeiro, em 1832, e passou por Niterói, Maricá, Saquarema, Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio e outros municípios da região, coletando amostras para estudos científicos. O tataraneto de Darwin, Randal Keynes, que já esteve no Brasil e em Saquarema é um dos apoiadores do Projeto Geoparques.

“Este projeto é muito importante para a região e para Saquarema”, diz o secretário de meio ambiente Gilmar Magalhães. Outro entusiasta do geoparque é o biólogo Mário Flávio Moreira, secretário executivo do Consórcio Intermunicipal Lagos São João, entidade delegatária do Comitê de Bacia Lagos São João, que também integra a área do geoparque. Mário considera a criação do geoparque uma atitude positiva para a região. Com placas educativas que irão indicar os pontos relevantes da geologia local e regional e, provavelmente, com a chancela da Unesco, o geoparque poderá ser mais uma opção do turismo cultural, ecológico e científico nos municípios que hoje carecem de uma proposta para o desenvolvimento sustentável.

O Saquá 132 – Abril/2011

Matéria publicada na edição de abril de 2011 do jornal O Saquá (edição 132)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.