Campanha da Fraternidade

A Arquidiocese de Niterói e Paróquia Nossa Senhora de Nazareth realizaram um encontro na Cinéia Fest House para lançar em Saquarema a Campanha da Fraternidade 2011, cujo tema é: “Fraternidade e a Vida no Planeta”. O encontro com os paroquianos teve a presença do bispo auxiliar Dom Roberto Francisco. A campanha levará ao aprofundamento do debate ambiental e busca caminhos de superação dos problemas provocados pelo aquecimento global e seus impactos sobre a vida na Terra. Segundo o padre Zito, é a oportunidade de conscientizar a comunidade para a defesa do meio ambiente e para que “as gerações que nos sucederão tenham direito a receber um mundo habitável e não um planeta contaminado.”

A Amazônia concentra 20% da água doce do mundo. Estudos da ONU demonstram que 13% da população mundial, cerca de 900 milhões de pessoas, vivem sem acesso à água potável. Outros 39%, cerca de 2,6 milhões, não contam com saneamento básico. No Brasil, 48% não tem esgoto. Na América Latina, 85 milhões não têm água potável e 115 vivem sem saneamento. No Brasil, somente 48% do esgoto doméstico é tratado. Esse quadro dramático é responsável direto pela morte de 1,5 milhão de crianças com menos de 5 anos, vitimadas por diarreia.

Estes dados fazem parte do texto divulgado pela CNBB, Confederação Nacional dos Bispos Brasileiros, sobre a Campanha da Fraternidade 2011, promovida pela Igreja Católica. A campanha que começa na quaresma alerta para a gravidade da falta de água, semelhante à declaração da ONU que aprovou no ano passado uma resolução afirmando que a água e o saneamento são direitos humanos. A CNBB defende um amplo debate sobre os recursos hídricos e a revisão dos usos da água, diante da escassez do produto.

O Saquá 131 – Março/2011

Matéria publicada na edição de março de 2011 do jornal O Saquá (edição 131)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.