O alto verão em Saquarema

Pôr do Sol - Foto de Lia Caldas / Súbito Design

O pôr do sol de Saquarema é um espetáculo à parte. Foto: Lia Caldas

O verão no Brasil é a época do ano que mais faz calor, mas é também o momento de grandes emoções que começam no Natal e culminam no Carnaval. Antigamente, para marcar este período, havia festas populares nas ruas, como a Folia de Reis, contando a história do nascimento do Menino Jesus. Os chamados “Reisados” duravam até a antevéspera do Carnaval, geralmente no dia de São Sebastião, em janeiro, quando se encerravam os festejos de caráter religioso e se iniciavam os rituais pagãos. Um pouco desta tradição trazida pelos portugueses colonizadores ficou no ar e permanece nos agitos de verão, nos luaus realizados a luz de fogo nas praias, nos ensaios de blocos carnavalescos no centro da cidade e nos bairros e em tantas outras atividades que só acontecem no verão.

Blocos

1) O ensaio do Bloco do Truco agita os foliões.
2) Confraternização na sede do Bloco Que Merda é Essa.
Fotos: Edimilson Soares.

É o caso do Bloco do Truco que faz um verdadeiro arrastão, quando sai com sua bateria na orla da Praia da Vila, arrastando uma multidão de foliões. Aos sábados, o Truco realiza seus ensaios numa quadra com vista para a Igreja de Nossa Senhora de Nazareth que, desde o Natal, foi iluminada pela Prefeitura com luzes verdes. É um cenário magnífico, soprado pela brisa do mar. Em Jaconé, o Bloco Que Merda é Essa é um dos poucos que tem quadra própria e funciona o ano inteiro, ficando lotado em seus eventos gastronômicos, com comida farta, bebida geladinha e o ritmo frenético de seus sambas. É um dos programas mais animados no bairro que já é referência em carnaval.

Casa da Praia

O visual da varanda da Casa da Praia é magnífico, com as pedras e o mar de Itaúna de pano de fundo.

Por falar em gastronomia, Itaúna dá show, com novos espaços recém-criados, como a Casa da Praia, onde a paisagem é uma aliada ao bom atendimento, com vista para o mar. Misto de restaurante e bar, a Casa da Praia combina Loja de Surf, cartela de vinhos, música ao vivo e luau, com ótima estrutura e excelente localização. Aliás, a orla da praia está ganhando frequentadores do After Beach, ou pós-praia. Na praia da Vila, o Quiosque Maresia traz um som ambiente a partir das 16h, com DJs locais que apresentam o melhor da música eletrônica durante o pôr do sol. Alguns moradores também têm organizado luaus de maneira informal, do Garota de Itaúna ao Casarão, em Itaúna, a partir das 23h.

No próximo dia 26, a Associação de Surf de Saquarema (ASS) irá promover um evento para arrecadar donativos às vítimas da tragédia ambiental ocorrida na Região Serrana. A previsão é que role um Surf Treino com premiação durante o dia e, à noite, luau e show de reggae com a banda Semente do Sana. Leve suas doações: alimento não perecível, roupas, água mineral, produtos de limpeza, fraldas descartáveis. Toda ajuda será bem-vinda e a diversão será garantida.

A onda do verão

Show

1) O genial Guti Fraga, improvisando no Show das Ondas, na Casa do Nós. Fotos: Edimilson Soares. 2) O veterano baterista Elber Bedaque, com o baixista Luiz del Rey e o guitarrista Eduardo Dias, atração no Lake’s Shopping. Fotos: Edimilson Soares.

O verão em Saquarema tipicamente praiano, agora oferece mais opções durante a noite. No Lake’s Shopping, toda segunda-feira no Bar Brasil, acontece a Noite do Reggae com Índio (Tribo do Reggae). No 2º piso, a mais nova pedida da noite é o No Compasso, com a atmosfera da Lapa, proposta do proprietário Fabiano Bastos, que oferece um ambiente totalmente redecorado com uma programação inédita em Saquarema: 5ª é a vez do Samba de Primeira, com gafieira; 6ª e sábado, atrações variadas. Pela segunda vez o bar trouxe o show do cantor Ricky Vallen, com recorde de público. Aos domingos, feijoada especialíssima, a partir das 11h, para fechar a programação. Em Bacaxá, a pedida é o engraçadíssimo Show das Ondas, um espetáculo cheio de improvisos que é a nova sensação da Casa do Nós.

Igrejinha

1) A bela matriz de Nossa Senhora de Nazareth, em tons de verde.
2) A Praça do Artesanato é uma tradição da cidade. Fotos: Edimilson Soares.

“Na verdade é um programa de auditório, aberto para todo mundo participar; é aberto à comunidade, dando oportunidade à manifestação de todas as áreas artísticas. Mas, acima de tudo, é um momento de prazer”, diz o ator e diretor Guti Fraga, criador do grupo de teatro Nós do Morro do Vidigal, no Rio, e da Casa do Nós, em Saquarema, um espaço que está completando 6 anos, em Bacaxá, com vários espetáculos que bateram recorde de temporada no interior do Estado, alguns até com mais de um ano de temporada.

O Saquá 130 – Fevereiro/2011

Matéria publicada na edição de fevereiro de 2011 do jornal O Saquá (edição 130)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

A equipe do jornal O Saquá é formada por diversos jornalistas.