Vem aí o Raposa Campinense

Futebol Compacto - Gilson Gomes

Depois do Treze Coqueiral, o bairro Pantanal terá mais um representante no Campeonato Máster, segundo informou o desportista Arlindo. Vem aí o Raposa Campinense, que mesmo antes de oficializar sua situação na LISCA já vem causando reboliço entre os torcedores, pois o Treze Coqueiral é o atual tricampeão da categoria e tem como símbolo uma raposa com um galo na boca. Com isso a rivalidade já está lançada, pois o diretor do Raposa disse que vem para acabar de imediato com a hegemonia do Treze Coqueiral.

Polêmica no Campeonato de Veteranos

No primeiro Campeonato de Veteranos, realizado fora da LISCA, com ausência de clubes tradicionais como o Barreira, Boqueirão, Barroso, União e Bacaxá, tudo fazia crer que seria tranquilidade absoluta. Entretanto, já na segunda rodada, uma polêmica: o atleta Rafael de Saquarema havia sido expulso na partida diante do Porto da Roça, porém no domingo seguinte apareceu jogando contra o Coqueiral, o que causou revolta aos dirigentes deste clube. Segundo seu diretor, Renato, organizador do certame, o árbitro Cezar Sapinho havia reconhecido o erro e teria alterado a súmula, passando o cartão vermelho para amarelo.

Entretanto, no domingo seguinte, no campo do Castelinho o árbitro, que lá se encontrava, afirmou para atletas do Coqueiral, para Hélio, diretor do Boqueirão e para o presidente da LISCA, que não fez qualquer alteração e que a liberação do atleta de Saquarema foi por livre e espontânea vontade do organizador, causando revolta nos jogadores do Coqueiral. Segundo Sapinho, por esse motivo, ele solicitou seu afastamento do quadro de árbitros, já que ninguém, sem ser árbitro, pode alterar súmula.

Professor Jurandir troca os gramados pelos palcos

Um dos destaques do time dos professores e do Estrelado F.C., o professor de educação física do Colégio Cenecista, Jurandir abandonou os gramados, onde exibia seu bom futebol, para se dedicar ao teatro. Além de ator, é também diretor de peças que são um sucesso, atraindo grandes públicos em suas apresentações no Teatro Mario Lago, em Saquarema. Além do professor Jurandir, alunos do colégio Cenecista Professor Alfredo Coutinho vêm se destacando como grandes atores, entre eles Pedro Paulo Bravo, Aline Lima André, Iuri José, Carla Beatriz, Diana Piloupas, Natalia Bravo e Igor Silva. Este grupo está empolgando os espectadores, dando uma demonstração que Saquarema tem talentos em busca de oportunidades, não só no teatro como no futebol, no surfe e outras áreas.

Nota Social

O diretor do Barroso, Cecílio de Andrade, completou no último dia 30, 85 anos de idade, e como torcedor apaixonado pelo clube ganhou uma comemoração, durante um jogo entre casados e solteiros no campo do Barroso, de onde os convidados saíram para um churrascão regado a muita cerveja. No dia anterior, o torcedor do clube Paulinho de Seu Pedro completou 54 anos.

O Saquá 128 – Dezembro/2010

Artigo publicado na edição de dezembro de 2010 do jornal O Saquá (edição 128)

Compartilhe!
Palavras-chave:

Sobre o autor

Gilson Gomes é presidente da LISCA – Liga Saquaremense de Clubes Avulsos.